Bem-estar e Saúde Mental dos Residentes em Portugal em tempos de COVID-19

No âmbito do Programa de Doutoramento em Psicologia, a Universidade do Porto está a levar a efeito o estudo “Bem-estar e Saúde Mental dos Residentes em Portugal em tempos de COVID-19”, com o intuito de avaliar os impactos e as repercussões da COVID-19 na saúde mental e o bem-estar dos portugueses.

A sua colaboração é importante para o sucesso desta investigação sobre uma temática tão revelante e atual. Para a prossecução deste objetivo é necessário que responda online a um inquérito, acendo ao link: https://inqueritos.up.pt

Para informações contacte, por favor, os responsáveis através do e-mail: up2018025555@up.pt

Abertas Candidaturas à Academia do Centro de Frutologia Compal

Está a decorrer até ao próximo dia 31 de julho de 2021, o prazo para presentação de candidaturas, no âmbito da 8ª edição da Academia do Centro de Frutologia Compal.

Os empreendedores frutícolas, de norte a sul do país, podem candidatar-se a uma das 5 bolsas de instalação, no valor de 100 000€, acedendo a: www.centrofrutologiacompal.pt/academia.

Para mais informações contacte:

www.centrofrutologiacompal.pt

Tlm 918 210 624 (Carolina Vala)

Tlm 916 788 189 (Afonso Bento)

CVO Online | Liga Portuguesa Contra o Cancro

Com o propósito de fomentar a melhoria das condições de vida e a saúde psicológica dos doentes oncológicos, o Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC.NRC), criou em 2013, o Centro de Voluntariado Ocupacional (CVO), a fim de participarem, gratuitamente, em atividades de cariz lúdico e formativo, como trabalhos manuais, artesanato, costura, culinária, informática, línguas estrangeiras e visitas a espaços emblemáticos de Coimbra.

Por força do surto pandémico por coronavírus que veio condicionar e limitar a vida e as relações de sociabilidade da população, o LPCC.NRC adaptou a realização destas atividades à vertente digital, sob o formato de oficinas/ateliers, por forma a continuar a responder às necessidades ocupacionais destes doentes e familiares/cuidadores, de forma gratuita e online.

Para mais informações sobre estes serviços de apoio ao doente oncológico, por favor, contacte:
https://bit.ly/3g9vuT3;
voluntariado.nrc@ligacontracancro.pt;
Tel. 239 487 490

Programa Cuida-te+

Cuida-te + é um programa promovido pelo Instituto Português da Juventude e Desporto (IPJD), que visa promover a saúde infantil e estilos de vida saudáveis, essencialmente direcionado para os jovens dos 12 aos 25 anos e para profissionais de saúde, de educação física e desporto, entre outros, enquanto influenciadores dos jovens na adoção de comportamentos saudáveis.

Com o intuito de melhorar a saúde física e mental dos jovens, o IPJD coloca à disposição dos mesmos, uma equipa de profissionais qualificados para os aconselhar, informar, orientar, encaminhar ou definir estratégias, de forma presencial num gabinete de atendimento clínico, por telefone ou outros canais, a fim esclarecerem as suas dúvidas sobre sexualidade, saúde reprodutiva e mental, comportamentos aditivos e dependências, alimentação e atividades físicas e desportivas, com total garantia de confidencialidade.

Consulte o folheto sobre o programa acedendo a: https://ipdj.gov.pt/o-programa

Exposição virtual de fotografia, sobre as gentes e lugares de Celorico da Beira

Vai ter lugar de 1 a 23 de maio, uma exposição virtual de fotografia, sobre as gentes e lugares de Celorico da Beira, captadas pelo mestre do fotojornalismo, Alfredo Cunha, nos anos de 1970.

Inserida nas comemorações do Feriado Municipal (23 de maio), a iniciativa – 23 dias, 23 fotografias – objetiva revelar, a partir de fotografias a preto e branco, à razão de uma foto por dia nas páginas de facebook do Centro Cultural e do Município, Celorico da Beira e as suas gentes, as vivências, história, património, cultura e tradições, captadas na década de 70, pelo olhar, a objetiva e a arte do mestre da fotografia jornalística, Alfredo Cunha, também ele, um ilustre filho desta terra.

À semelhança de Sacadura Cabral, cujo nascimento se comemora a 23 de maio (Feriado Municipal), que protagonizou juntamente com Gago Coutinho a travessia do atlântico Sul, feito arrojado e heroico que impulsionou a aviação, também o celoricense Alfredo Cunha, notabilizou e imortalizou acontecimentos e pessoas que povoam a nossa memória coletiva e ilustram páginas da História de Portugal.

A frase atribuída a Confúcio, pensador político e filósofo chinês que viveu entre 552 e 479 a.C, “ uma imagem vale mais do que mil palavras”, assenta na perfeição ao fotojornalista Alfredo Cunha, que captou em fotografia, a preto e branco, sem filtros nem artifícios, factos, momentos, pessoas ou detalhes, que revelam um poder tão grande de comunicação que dispensam quaisquer palavras, como por exemplo, o olhar de Salgueiro Maia, no Largo do Carmo, verdadeiro ícone da Revolução do 25 de abril de 1974, ou o regresso dos retornados, entre outros.

Alfredo Cunha, conhecido como fotógrafo da Revolução do 25 de abril de 1974, é um dos mais prestigiados fotojornalistas portugueses. Com mais de 50 anos de carreira, recebeu vários prémios e distinções e publicou e ilustrou vários livros.

Festival Cultural da Serra da Estrela

Vai ter lugar na próxima sexta-feira, 23 de abril, pelas 18H00, no auditório da Biblioteca Municipal de Celorico da Beira, uma sessão de esclarecimento sobre a apresentação de candidaturas ao Festival Cultural, promovido pela CIM-BSE, no âmbito do projeto Cultura em Rede 21/22.
Dirigida essencialmente às Associações Culturais locais, a iniciativa tem o propósito de as esclarecer sobre processos de candidatura potenciadores da visibilidade, notoriedade e valorização dos artistas e grupos culturais locais, com vista a reforçar a bolsa artística, criada para promover a itinerância cultural entre os concelhos que constituem a rede cultural da Serra da Estrela: Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Gouveia, Manteigas e Seia.

Programa OTL – Ocupação de Tempos Livres | Candidaturas abertas

Candidaturas abertas para jovens e instituições, ao Programa OTL – Ocupação de Tempos Livres – nas modalidades de curta e longa duração.

O programa OTL tem o propósito de proporcionar aos jovens com idades compreendidas entre os 12 e os 17 anos (curta duração), e os 18 e os 30 anos (longa duração), uma ocupação saudável e profícua dos tempos livres, alicerçada na aquisição de experiências em contexto de aprendizagem não formal ou em contexto ativo de trabalho, potenciadoras do desenvolvimento de capacidades e competências.

Os jovens e as Entidades Promotoras devem efetuar as suas candidaturas online, na plataforma informática dos Programas em https://programasjuventude.ipdj.gov.pt/otl/, pelo que, todas as entidades ou jovens (monitores e/ou dinamizadores), têm que estar devidamente registados na BDU em https://bdu.ipdj.gov.pt/register.

MODALIDADE – CURTA DURAÇÃO

Destinada a jovens com idades compreendidas entre os 12 e os 17 anos, desde que em parceria com uma das entidades elegíveis: sem fins lucrativos, de solidariedade social e desportivas.
Os projetos são realizados de 20 de junho a 12 de setembro.

MODALIDADE – LONGA DURAÇÃO

Direcionada para jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos, desde que em parceria com uma das entidades elegíveis: sem fins lucrativos, de solidariedade social e desportivas.
A apresentação das candidaturas decorre até 30 de setembro e, a realização dos projetos terá lugar de 16 de abril a 30 de novembro de 2021.

Para informações mais detalhadas sobre o Programa, requisitos, critérios de elegibilidade e calendarização dos projetos, por favor aceda a: www.ipdj.gov.pt ou contacte Tel. +351 271232100.

Prolongamento de rede de abastecimento de água e de saneamento

Estão a decorrer desde o dia 5 de abril, na localidade de Cortegada, freguesia do Baraçal, os trabalhos de execução do prolongamento de rede de abastecimento de água e de saneamento.

Nas sociedades atuais as redes de abastecimento de água e saneamento são infraestruturas básicas e essenciais para a promoção da melhoria das condições de vida das populações, bem estar social, salubridade e saúde pública, para além de contribuírem para a preservação do meio ambiente, requisitos fundamentais para incrementar o turismo. Neste contexto, dotar toda a localidade com estas infraestruturas básicas potenciadoras da qualidade de vida, reveste-se de extrema importância, numa altura em que a localidade da Cortegada está a atrair investidores que apostam na requalificação do parque habitacional que se encontrava degradado e abandonado, repovoando e dinamizando este povoado.

As obras em curso são realizadas pelos funcionários afetos à Secção de Água e Saneamento da Autarquia, em resultado de uma frutuosa parceria entre o Município de Celorico da Beira e a Junta de Freguesia do Baraçal, que participou na aquisição do material.

Higienização e desinfeção dos contentores de resíduos urbanos indiferenciados

A Associação de Municípios da Cova da Beira em colaboração com a Câmara Municipal de Celorico da Beira, levou a efeito, de 5 a 16 de abril, uma operação de higienização e desinfeção dos contentores de resíduos urbanos indiferenciados, que integram os circuitos municipais de recolha no concelho de Celorico da Beira.

No âmbito do protocolo firmado entre as duas entidades têm lugar duas intervenções anuais que compreendem a lavagem e desinfeção dos contentores do lixo, com vista à promoção da saúde e do bem-estar da população, bem como, a proteção do meio ambiente.

Com o verão aproximar-se a passos largos e objetivando-se prolongar os benefícios desta operação de limpeza durante mais tempo, é imperioso que a população colabore e adote boas práticas ambientais, a saber:

  • Colocar os sacos do lixo doméstico, bem fechados, dentro do contentor e fechar sempre a tampa do mesmo;

  • Não deixar sacos lixo junto ao contentor quando este estiver cheio. Nesta situação o lixo deve guardado nos locais de produção ou depositado noutro equipamento próximo;

  • Fazer uma deposição seletiva do lixo doméstico, utilizando corretamente os equipamentos do ecoponto: vidrão, papelão e embalão, pilhão e oleão;

  • Requerer os serviços municipais para a recolha de resíduos volumosos (mobiliário ou colchões) ou resíduos verdes (ramos e folhas), entre outros.

 

 

Covid-19 | Estado de Emergência renovado até 30 de abril de 2021

No âmbito do , Decreto do Presidente da República n.º 41-A/2021, de 14 de abril, que renova, por mais 15 dias e nos mesmos termos da última renovação, o estado de emergência em todo o território nacional, no período compreendido entre as 00H00 do dia 16 de abril e as 23H59 do dia 30 de abril de 2021, o Conselho de Ministros aprovou o decreto alicerçado na continuação da situação de calamidade pública.

A evolução da pandemia no país e no mundo é preocupante pelo que, requer acautelar os passos a dar no futuro próximo. Nesta conformidade, o 15º estado de emergência ora decretado pelo Presidente da República está em harmonia com o plano de desconfinamento.

Município de Celorico da Beira possibilita o pagamento de água por Multibanco, a partir do mês de abril.

A partir deste mês, os titulares dos contratos de água/consumidores que não paguem por débito direto, podem efetuar o pagamento da fatura da água, do mês que está à cobrança, em qualquer caixa de Multibanco, utilizando a referência multibanco que consta na parte superior esquerda da fatura.  A segunda referência multibanco que consta na fatura, destina-se a ser utilizada pelos consumidores que pretendam liquidar as dívidas em atrasojuntamente com a fatura da água do mês que está à cobrança.

Para mais informações contacte, por favor, a Secção de Águas:

Tel:  271 74 74 00

e-mail: cobrancas@cm-celoricodabeira.pt

Nota de pesar pelo falecimento de António Almeida Henriques

O Município de Celorico da Beira manifesta publicamente pesar pelo falecimento de António Almeida Henriques, Presidente da Câmara Municipal de Viseu, vítima de complicações respiratórias decorrentes da Covid-19.

O Executivo Municipal endereça à família, amigos e a todos os viseenses as mais sinceras condolências.

António Almeida Henriques deixa-nos aos 59 anos de idade. Será recordado para sempre como um Homem de causas, que desempenhou com brilhantismo diversos cargos públicos ao mais alto nível, entre os quais, Secretário de Estado Adjunto da Economia e Desenvolvimento Regional, Adjunto do Ministro da Juventude e Deputado da Assembleia da República em quatro legislaturas e, atualmente, Presidente da Câmara Municipal de Viseu e Vice-Presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses.

O seu desaparecimento tão prematuro, representa uma enorme perda para o município de Viseu e para o país.

Páscoa Feliz

Lançamento da 1ª pedra da obra de construção do Centro Intermunicipal de Recolha de Animais Errantes

Decorreu na manhã desta quarta feira, 31 de março de 2021, o lançamento da primeira pedra para a obra de construção do Centro Intermunicipal de Recolha de Animais Errantes, uma cooperação entre o Município de Celorico da Beira e o Município de Gouveia.

A cerimónia contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Carlos Ascensão, do presidente da Câmara Municipal de Gouveia, Luís Tadeu como também vários elementos do executivo municipal dos dois municípios, o gabinete veterinário municipal, o Comandante do Posto Territorial da GNR de Celorico da Beira, Márcio Come, a Diretora de Serviços de Alimentação e Veterinária da Região Centro (DGAV), Rosa Rodrigues entre outros.

O Centro de Recolha Oficial e Parque de Bem-estar Animal São Francisco de Assis, como vai ser assim denominado, está a ser construído num espaço desativado de uma antiga estação de tratamento de águas residuais de Celorico da Beira, tem cerca de 2.000 metros quadrados de área de construção e uma capacidade de acolhimento para 100 cães, contempla uma receção, uma sala de esterilização com recobro, consultório, um anfiteatro para ações de sensibilização ao visitante, arrumos e instalações sanitárias de apoio, 25 boxes de canil e gatil, uma boxe para animais de outras espécies, um expaço exterior de convívio, uma sala administrativa e instalação sanitária, uma sala de tosquia e banho exterior.

Os municípios vão investir cerca de 200 mil euros na criação deste Centro Intermunicipal de Recolha de Animais Errantes que será comum aos dois concelhos e que vai permitir colmatar a problemática dos animais abandonados, vadios e errantes dos concelhos, acolhendo cães e gatos, sejam entregues por particulares ou recolhidos na via pública, por representarem perigo para as populações, serem objetos de maus tratos ou até serem passíveis de contraírem doenças, entre outras causas.

Este equipamento tem a previsão de estar concluído num espaço de 8 meses.

Freguesias prioritárias para fiscalização da gestão de combustível

No âmbito da defesa da floresta contra incêndios rurais, os proprietários, arrendatários, usufrutuários ou entidades que, a qualquer título, detenham terrenos confinantes a edificações em espaços rurais ou inseridos na faixa exterior de proteção aos aglomerados populacionais, são obrigados a proceder à limpeza dos mesmos até ao dia 15 de maio.

No concelho de Celorico da Beira, são áreas prioritárias para fiscalização da gestão de combustível, por força do despacho n.º 3403/2021 de 30 de março, as seguintes freguesias:
• Casas do Soeiro
• Linhares
• Maçal do Chão
• Mesquitela
• Prados
• União das Freguesias de Açores e Velosa
• União das Freguesias de Celorico (são Pedro e Santa Maria) e Vila Boa do Mondego
• União das Freguesias de Cortiçô da Serra, Vide Entre Vinhas e Salgueirais
• União das freguesias da Rapa e Cadafaz
• Vale de Azares

Para efeito de fiscalização, os terrenos confinantes a edificações em espaços rurais ou inseridos na faixa exterior de proteção aos aglomerados populacionais destas freguesias são considerados prioritárias ao abrigo dos nº 1, 2, 10 e 13 do artigo 15.º do Decreto-Lei n.º 124/2006, de 28 de junho, na sua redação atual.

No entanto, a definição destas prioridades não isenta os agentes fiscalizadores de avaliar o cumprimento de todas as disposições previstas na legislação de gestão de fogos rurais, não limitando o seu âmbito de fiscalização às áreas referidas.

A defesa da floresta contra incêndios é obrigação de todos. Respeite as faixas de gestão de combustível e contribuirá para a proteção de pessoas e bens.

Municípios de Gouveia e de Celorico da Beira lançam Primeira Pedra da Obra de Construção do Centro Intermunicipal de Recolha de Animais Errantes

Os Municípios de Gouveia e de Celorico da Beira assinalam, no próximo dia 31 de março, o início da obra de construção do Centro Intermunicipal de Recolha de Animais Errantes, com o ato simbólico de lançamento da primeira pedra.

Fruto de um protocolo celebrado entre os dois Municípios, a estrutura, a iniciar, vem dar resposta à necessidade de assegurar o cumprimento de um serviço público de qualidade nos domínios do controlo da população de animais errantes dos dois concelhos e consequentemente minimizar os problemas de saúde e segurança pública associados à liberdade e proliferação destes animais.

Não possuindo respostas municipais próprias, a decisão de estruturar este serviço público num quadro intermunicipal de partilha, contribuirá, também, para potenciar os recursos físicos, financeiros e humanos afetos à estrutura.

A construção do novo espaço terá lugar na União de Freguesias de Celorico da Beira e Vila Boa do Mondego e prevê-se que a obra esteja concluída no último trimestre de 2021.

Censos 2021 decorrem durante o mês de abril

O Instituto Nacional de Estatística (INE), vai levar a efeito, a partir do dia 5 de abril, a habitual operação estatística nacional sobre população e parque habitacional – os Censos 2021- com o intuito de contabilizar todos os cidadãos e famílias residentes no território nacional, bem como, todos os alojamentos e edifícios destinados à habitação.

Atendendo ao quadro ade crise pandémica que vivemos, o INE definiu um Plano de Contingência para garantir a qualidade da execução dos censos e acautelar os riscos para população, recenseadores e demais colaboradores, que a operação comporta. Nesta conformidade, o processo de recolha da informação vai processar-se de forma diferente da habitual, a saber:

  • A partir de 5 de abril, todos os alojamentos vão receber uma carta do INE com código e password, necessários para os censos;
  • A partir de 19 de abril, deve responder pela internet, preferencialmente, até dia 3 de maio;
  • Pode responder através de um computador, tablet ou smartphone com ligação à internet;
  • Aceda a censos 2021.ine.pt, digite o código e a password indicados na carta que recebeu do INE, responda às questões e, quando terminar, seleciona “entregar”, guardando o comprovativo.

A resposta aos Censos é obrigatória e todos os dados são confidenciais.

Os censos, realizados de dez em dez anos, são muito importantes para o setor público e privado, bem como para os cidadãos em geral, porque a informação recolhida permite saber quantos somos, como somos, onde e como vivemos.

Para mais informações, por favor, aceda a www.censos.ine.pt

 

 

 

 

Covid-19 | Estado de Emergência renovado até 15 de abril de 2021

No âmbito do Decreto do Presidente da República n.º 31-A/2021, de 25 de março, que renova, por mais 15 dias e nos mesmos termos da última renovação, o estado de emergência em todo o território nacional, no período compreendido entre as 00H00 do dia 1 de abril e as 23H59 do dia 15 de abril de 2021, o Conselho de Ministros aprovou o decreto alicerçado na situação de calamidade pública e como medida preventiva para acautelar o futuro, apesar da evolução favorável da crise pandémica.

Por força da renovação do estado de emergência, e em cumprimento da calendarização da abertura faseada da sociedade e da economia, determinada pelo governo, todos os cidadãos e cidadãs estão obrigados/as a cumprir as medidas restritivas em vigor relativamente ao estado de emergência e as recomendações da DGS, mormente, as específicas para a quadra festiva da Páscoa.

Campanha Floresta Segura 2021

No âmbito da Campanha Floresta Segura 2021, decorreu no Centro Cultural de Celorico da Beira, uma reunião do Município com a Guarda Nacional Republicana GNR- SEPNA, Juntas de freguesia e Bombeiros.

Esta iniciativa insere-se na fase de sensibilização da Campanha Floresta Segura 2021, levada a cabo pela Guarda Nacional Republicana GNR- SEPNA, até 31 de março, com o propósito de sensibilizar a população em geral, sobretudo as autarquias, agricultores, caçadores, produtores florestais e a comunidade escolar, para o cumprimento das faixas de gestão de combustível em terrenos confinantes com edificações e junto à rede viária e sobre o uso do fogo. Após o término da fase de sensibilização (31 de março), seguir-se-á a fase de fiscalização.

Com a primavera à porta é imperioso prevenir comportamentos de risco para garantir a segurança das populações, do seu património e proteger a floresta acautelando os incêndios rurais.