Peditório Nacional 2019 – Contra o Cancro Contamos Consigo

Decorre de 31 de outubro a 3 de novembro de 2019, o peditório nacional da Liga Portuguesa Contra o Cancro, entidade de referência nacional no apoio ao doente oncológico e família, na promoção da saúde, na prevenção do cancro e no estímulo à formação e investigação em oncologia.

Diga sim a esta causa. Colabore!

 

 

Dia Nacional da Água comemorado com visita à ETA do Caldeirão

Cerca de 35 alunos do 4º ano das EB1 de S. Pedro e Santa Luzia, efetuaram hoje uma visita à Estação de Tratamento de Água (ETA) do Caldeirão, no âmbito das comemorações do Dia Nacional da Água.

Esta visita é uma das muitas iniciativas promovidas pela Câmara Municipal de Celorico da Beira com vista a sensibilizar, alertar e informar as crianças do final do 1º ciclo do ensino básico, para a importância do tratamento da água para consumo doméstico e a necessidade, cada vez maior, de racionalizar o consumo deste recurso natural.

O Dia Nacional da Água comemora-se a 1 de outubro, de norte a sul do país, com diversas atividades que pretendem marcar o início de um novo ano hidrológico e, acima de tudo, sensibilizar a população para a necessidade de um consumo racional e eficiente da água, a fim de se poder garantir a sobrevivência da Humanidade e do planeta Terra, num futuro muito próximo.

XIII Festival do Borrego – Feira de Artesanato e Produtos da Terra

A participação na Feira de Artesanato e Produtos da Terra é gratuita, contudo, carece de inscrição prévia. Efetue a sua inscrição, até ao próximo dia 20 de outubro, através do seguinte link:

https://forms.gle/uWZgny1DeUqHVJ2y8

A Primeira Vida a Proteger é a Sua!”

A segurança rodoviária é um tema central na segurança dos operacionais. Reflexo desta importância, a estatística revela que nos últimos 10 anos, faleceram em serviço 15 bombeiros em acidentes rodoviários, número este superior ao de bombeiros falecidos em incêndios rurais. É consensual que a mudança de cultura de segurança rodoviária nos operacionais é uma meta ambiciosa para a qual os vídeos de sensibilização especializados constituem uma ferramenta que concorre para este objetivo.

Neste sentido, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil produziu um vídeo que representa um tributo a todos os operacionais que concorrem para o sistema de proteção civil em Portugal. Este vídeo retrata a importância da utilização do cinto de segurança, da verificação das condições do veículo e da correta utilização dos Equipamentos de Proteção Individual, que são essenciais para assegurar o êxito das missões e a segurança nas operações.

Em acréscimo, evidencia que cada operacional, que de forma anónima, cumpre a sua missão, expondo-se aos riscos inerentes a uma operação de proteção e socorro, tem uma família que espera o seu regresso. Por este motivo define a mensagem a todos os operacionais de que  “A Primeira Vida a Proteger é a Sua!”.

Apoio concedido pelo Centro 2020 ao Projeto Reconstrução e Ampliação da Escola EB1 de Santa Luzia – Escola de Acolhimento

Torna-se público que o projeto em título integra uma estratégia de médio prazo, iniciada pelo Município de Celorico da Beira, com o propósito de incrementar a melhoria da qualidade dos serviços prestados à comunidade educativa do concelho de Celorico da Beira.

Informações relativas ao projeto:

Código Universal: CENTRO-03-5676-FEDER-000141

Fundo: FEDER

Eixo Prioritário: Desenvolver o Potencial Humano (APRENDER)

Objetivo Temático: Investir na Educação, na formação e na formação profissional para aquisição de competências e a aprendizagem ao longo da vida

Prioridade de Investimento: Investimento no ensino, na formação, na formação profissional e nas competências e na aprendizagem ao longo da vida através do desenvolvimento das infraestruturas de formação e ensino

Tipologia de Intervenção: Infraestruturas de ensino pré-escolar, básico e secundário

Aprovação: 20/08/2019

Investimento Total: 359 874,05€

Investimento Elegível: 347 064,34€

Comparticipação: 295 004,68€ (85%)

Contributo para os resultados do Programa:

  • Modernizar e adequar a rede escolar aos níveis de procura;
  • Reorganizar a rede estudantil do concelho;
  • Satisfazer os requisitos impostos pelas novas conceções e exigências pedagógicas e educativas;
  • Racionalizar e potenciar os recursos educativos existentes;
  • Minorar situações de isolamento de algumas crianças, incrementando as condições e os fatores de socialização das mesmas;
  • Melhorar as condições de acesso e de permanência no espaço escolar;
  • Adequar as infraestruturas a novas conceções e a novas exigências do processo educativo;
  • Combater o insucesso escolar dos alunos.
  • Abrir a escola à Comunidade, criando condições para uma maior articulação com o meio envolvente.

Ficha de Projeto EB1

Celorico da Beira plantou oliveira de tributo a António Arnaut e ao Serviço Nacional de Saúde

A vila de Celorico da Beira assinalou neste domingo, 15 de setembro, os 40 anos do Serviço Nacional de Saúde com a plantação de uma oliveira que simboliza a defesa daquele sistema e serve igualmente de homenagem ao “seu fundador e principal defensor”, António Arnaut.
A comemoração contou com a presença de várias entidades entre elas, Carlos Ascensão, Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Isabel Garcia, Presidente da Liga dos Amigos dos Hospitais da Universidade de Coimbra, António Miguel Arnaut, neto de António Arnaut, e a Presidente da Administração Regional de Saúde do Centro, Rosa Reis Marques.

Durante a manhã, o Centro Cultural de Celorico da Beira, recebeu ainda uma conferência “Causas e valores do SNS; Os Direitos Humanos e Direito à Saúde”, com a participação de entidades e profissionais da área da saúde.

De relembrar que a Liga dos Amigos dos Hospitais da Universidade de Coimbra foi a mentora da plantação e rega da “Oliveira SNS”, em Coimbra. Esta iniciativa realizou-se pela primeira vez no Parque Verde da cidade de Coimbra no dia 15 de Setembro de 2009, ainda com a presença do Dr. António Arnaut e parceria da extinta Liga de Amigos dos Hospitais dos Covões. Desde 2014 a Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos também se associou a este movimento.

Declaração de Situação de Alerta – Risco agravado de incêndios florestais

Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio florestal, o Ministro da Administração Interna e o Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural emitem Despacho que determina a Declaração de situação de alerta – Risco agravado de incêndios florestais, no período compreendido entre as 00h01 do dia 13 de setembro e as 23h59 do dia 14 de setembro de 2019, para todo o território de Portugal Continental.

 

Declaração de Situação de Alerta | Prolongamento

O Ministro da Administração Interna e o Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural assinaram Despacho que prolonga a Declaração de situação de alerta até às 23h59 do dia 10 de setembro de 2019, para todo o território de Portugal Continental.

 

Serra da Estrela classificada Geopark Mundial

Celorico da Beira é um dos concelhos que está integrado no território do Geopark Estrela, não só pela sua diversidade geológica e biológica, mas também pelas paisagens, gentes e cultura, retratando assim, a identidade deste território.

A candidatura da Estrela a Geopark Mundial foi aprovada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – UNESCO na 4.ª Sessão do Conselho de Geoparks Mundiais, que se reuniu desde sábado até hoje em Gili, na Indonésia. A candidatura começou a ser preparada em 2014 e foi formulada em 2017 com a entrega do Dossier de Candidatura à UNESCO por parte da Associação Geopark Estrela (AGE), com sede nas instalações do Instituto Politécnico da Guarda – IPG.

A Associação Geopark Estrela é composta por nove municípios dos distritos da Guarda, Castelo Branco e Coimbra (Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Manteigas, Oliveira do Hospital e Seia), e também pelo IPG e pela Universidade da Beira Interior (UBI).

Estamos todos de parabéns!

Apoio concedido pelo POSEUR ao projeto Sistema de Tratamento de Águas Residuais de Rapa

Torna-se público que o projeto em título integra uma estratégia de médio prazo de promoção de políticas ambientalistas, encetada pelo Município de Celorico da Beira, com vista à melhoria das condições de vida da população e do meio ambiente incrementando a qualidade dos serviços de saneamento de águas residuais (SAR).

O projeto contempla a substituição da atual fossa séptica, ineficiente no tratamento das águas residuais nocivas para a população e o meio ambiente, por uma ETAR compacta, visando obter um eficaz e eficiente tratamento dos efluentes.

Informações relativas ao projeto:

Código Universal: POSEUR-03-2012-FC-000783

Fundo: Fundo de Coesão

Eixo Prioritário: Proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos.

Objetivo Temático: Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética.

Prioridade de Investimento: Investimentos no setor da água, com o propósito de satisfazer os requisitos do acervo ambiental da União e atender às necessidades de investimento identificadas pelos Estados-Membros que vão além desses requisitos.

Tipologia de Intervenção: Ciclo Urbano da Água.

Aprovação: 30/11/2017

Investimento Total: 74.128,85€

Investimento Elegível: 74.128,85€

Comparticipação: 63.009,52€ (85%)

Contributo para os resultados do Programa:

    • Redução da poluição de massas de água;
    • Otimização e gestão dos recursos e infraestruturas existentes, garantindo a qualidade do serviço prestado à população e a sustentabilidade do sistema;
    • Satisfação dos requisitos do acervo da União em matéria de ambiente, identificadas pelos Estados-Membros;
    • Preservação e proteção do ambiente através da redução dos níveis de poluição existentes.

Ficha de projeto

1ª Etapa da Volta a Portugal de Juniores realizou-se em Celorico da Beira

Celorico da Beira, recebeu, nesta sexta feira, dia 23 de agosto, a primeira etapa da prova da Volta a Portugal de Juniores. O arranque aconteceu às 12h30 junto ao Mercado Municipal e será uma viagem de 118,2km com passagem na Ratoeira, Lageosa do Mondego, Velosa e o final com a passagem pela meta, na cidade de Mêda.

O pelotão da Volta a Portugal de Juniores vai contar com 167 corredores, em representação de 25 equipas. Às dezanove equipas portuguesas juntam-se quatro espanholas, uma belga e uma colombiana.

 

 

Festival Internacional e Liga Nacional de Parapente em Linhares da Beira

O céu da aldeia histórica de Linhares da Beira, voltou a ser palco do Festival Internacional e Liga Nacional de Parapente que decorreu entre 15 e 18 de agosto. Este ano contou com cerca de 100 participantes, vindos de vários pontos do país e estrangeiro. Um evento cujo sucesso é sentido em toda a linha, o que contribui para que Linhares da Beira se afirme ainda mais como a Capital do Parapente no nosso País.

Aqui é possível voar durante todo o ano, mas os meses de verão afirmam-se como os melhores para a prática da modalidade. O programa deste festival contemplou 3 vertentes: a competição A (para profissionais); a competição B (iniciação à competição) e o Lazer, sendo que a competição A, contou para a Liga Nacional de Parapente.

Para os mais aventureiros e que queiram conhecer Linhares de outra forma, existirão diariamente os batismos de voo em parapente bilugar que irão proporcionar experiências inesquecíveis.

O Festival Internacional e Liga Nacional de Parapente que se realizaram em Linhares da Beira, entre 15 e 18 de agosto contaram com a presença de inúmeros pilotos, que ao longo de cinco dias trocaram experiências num dos melhores spots do nosso país, algo perfeitamente legítimo, se considerarmos a beleza natural do Parque Natural da Serra da Estrela e da Aldeia Histórica de Linhares da Beira.

O Festival Internacional e a Liga Nacional de Parapente em Linhares da Beira são organizados pelo Clube de Voo Livre Vertical e pela Escola Aventura de Linhares da Beira, em colaboração com a Câmara de Celorico da Beira e a Junta de Freguesia de Linhares da Beira.

 

Celorico Jazz & Blues Fest 2019

O Castelo de Celorico da Beira, recebeu durante 3 noites, entre 9 e 11 de agosto, o 1º Festival Internacional de Jazz & Blues. A abertura do festival aconteceu no dia 9 de agosto, com o grupo Low Bay Hot Band e a artista espanhola, Diana Tarin. A música continuou pela noite dentro, com a arte e criatividade do DJ Joe Zagallo. O segundo dia foi da responsabilidade da banda portuguesa Minnemann Blues Band. O DJ Bóinas prolongou o momento musical para os mais resistentes. O cantor e compositor brasileiro, André Rio, encerrou o festival, no dia 11 de agosto, com o reportório de música pernambucana, que tem vindo a difundir pela europa.

O 1º Festival Internacional de Jazz e Blues de Celorico da Beira, tem como principal objetivo, trazer movimento, dinâmica e revitalização ao centro histórico da vila. Pela sonoridade e os ritmos quentes do jazz e blues esperam-se três noites (sexta, sábado e domingo), de grande animação e envolvência feérica no centro histórico.

O jazz e o blues, são ritmos musicais provenientes de África mas, é o continente americano o responsável pela sua projeção no mundo. O jazz e o blues foram os responsáveis pela revolução musical que se operou no séc.XX, no continente americano e, posteriormente, no resto do mundo. Pela pulsação do seu ritmo e pela irreverência das suas guitarras, este género musical tem vindo a granjear adeptos por todo o mundo.

Caminhada Noturna

A vila de Celorico da Beira recebeu no passado sábado ao início da noite mais uma caminhada, esta noturna. Dezenas de participantes caminharam pelos trilhos propostos, uma viagem pela história e pelo património do concelho.

Os participantes foram desafiados a percorrer um itinerário circular com cerca de 12 quilómetros, de dificuldade média/baixa.

Esta iniciativa, insere-se numa das 12 caminhadas programadas pela Câmara Municipal de Celorico da Beira, no âmbito do projeto “Passaporte Caminhadas por Vales e Serras”, que tem como objetivo incentivar a prática da atividade física e, simultaneamente, promover e valorizar o património cultural e natural do concelho.

 

ESCOLA DE PASTORES

Se é um/a jovem em idade ativa e, quer dedicar-se à produção de leite ou à laboração de queijo com DOP (Serra da Estrela, Beira Baixa, Rabaçal), pode inscrever-se na Escola de Pastores, até ao dia 23 de agosto de 2019.

Sob a coordenação dos Institutos Politécnicos de Castelo Branco e de Viseu, a Escola de Pastores surgiu integrada no Programa de Valorização da Fileira de Queijos da Região Centro, com o intuito de qualificar os jovens e dotá-los de conhecimentos e competências necessárias para o exercício da atividade, de forma profissional e rentável, contribuindo desta forma, para o reforço e rejuvenescimento da atividade na região.

O curso, de componente mais prática que teórica, arranca a 23 de setembro e tem uma duração de 4 meses.

A candidatura ao curso habilita-o/a a um prémio “Vale Pastor” de 5 000€.

Estratégia de Habitação Local de Celorico da Beira

Melhores condições de habitabilidade, de conforto e dignidade habitacional, são estes os objetivos que a Câmara Municipal de Celorico da Beira em colaboração da Universidade de Aveiro, pretende criar e melhorar as condições de vida dos celoricenses. Neste intuito têm-se realizado reuniões de trabalho com vários agentes sociais, desde presidentes de juntas de freguesias, IPSS’s, GNR, IEFP entre outros, no âmbito da Estratégia Local de Habitação de Celorico da Beira.

Através do Programa de Apoio ao Acesso à Habitação, 1.º Direito, destinado a pessoas que vivem em “habitações indignas” e sem capacidade financeira, a Câmara Municipal de Celorico da Beira criou uma equipa, que terá entre outros objetivos, identificar e tipificar situações de famílias a residir no concelho, em contextos de habitação indigna, de forma a apoiar os munícipes de menores recursos, considerados como segmentos da população mais vulnerável.

Dom Rodrigo Mendes e o Milagre da Lua Nova

Uma lenda com mais de 800 anos foi o ponto de partida para três dias de festa em Linhares da Beira. A vitória do exército dos alcaides de Celorico e de Linhares da Beira iluminado pela lua foi o mote para o Dom Rodrigo Mendes e o Milagre da Lua Nova, um evento do ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa promovido pela Associação das Aldeias Históricas de Portugal e pelo Município de Celorico da Beira.

O programa de cariz cultural e gastronómico animou durante 3 dias a Aldeia Histórica de Linhares, a partir de uma das suas lendas e mitos, que constituem o seu riquíssimo património cultural, transmitido de geração em geração.

Se a lenda foi só o pretexto para conhecer Linhares da Beira, houve uma programação bastante diversificada, desde o jantar comunitário, onde a população local e visitantes puderam apreciar os sabores das receitas mais antigas de Linhares preparados pelo Chef Valdir Lubave e Chef António Santos, várias oficinas, como a oficina do pão, teatros de rua e claro que não faltou a Rota dos Sabores pelas adegas espalhadas pela aldeia.

A recriação da Batalha que originou a lenda e o evento Dom Rodrigo Mendes e o Milagre da Lua Nova foi um dos pontos altos da festa. A animação musical fez-se ouvir pela aldeia com os Red Mustang, o grupo de Concertinas “ Os Fidalguinhos e Samuel Úria.

Durante 3 dias, Linhares da Beira regressou ao passado dando a conhecer os saberes, os sabores e as histórias das gentes desta aldeia do concelho de Celorico da Beira.

Galeria Fotográfica

Manuais Escolares Gratuitos

Em conformidade com o disposto no Artigo 194.º da lei do Orçamento de Estado para 2019, no ano letivo 2019/2020 é alargado o regime de gratuitidade dos manuais a todos os alunos que frequentam a escolaridade obrigatória na rede pública do Ministério da Educação.

Para beneficiar da entrega gratuita de manuais escolares os pais/encarregados de educação deverão registar-se na plataforma www.manuaisescolares.pt.
No momento do seu primeiro acesso será solicitada a confirmação do seu número de contribuinte, sendo necessário que os encarregados de educação tenham consigo os seus dados de acesso ao Portal das Finanças para que seja efetuada a sua validação.

Não os tendo e querendo usufruir da plataforma, os encarregados de educação deverão solicitá-los no Portal das Finanças.

A partir da referida plataforma terão acesso aos dados escolares do(s) seu(s) educando(s), aos vouchers correspondentes aos seus manuais escolares e à lista das livrarias aderentes onde poderão ser efetuados os levantamentos dos manuais escolares.

A validação para o levantamento de manuais escolares pressupõe a impressão dos vouchers ou a apresentação dos mesmos em formato digital.

Na impossibilidade de aceder à internet, os pais/encarregados de educação devem dirigir-se à escola onde se encontra(m) matriculado(s) o(s) seu(s) educando(s) e solicitar os vouchers em papel.

Os vouchers relativos aos manuais escolares dos 1.º, 5.º, 7.º, 10.º e 12.º anos só serão emitidos a partir do dia 1 de agosto.

Os restantes anos começaram a ser emitidos a 9 de julho.

Em caso de dúvida contacte, por favor, os canais disponíveis para o efeito (suporte@manuaisescolares.pt ou 302 099 409), ou dirija-se à escola do(s) seu(s) educando(s).

ICNF alarga período de licenciamento de caça ao javali até 30 de setembro de 2019

O ICNF – Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas prorrogou o prazo de licenciamento para as entidades titulares ou gestoras de zonas de caça interessadas em realizar medidas de correção de densidade de javali, até 30 de setembro de 2019.

Refere o Edital N.º 2/2019 que, “considerando a necessidade de continuar a realização de medidas para controlo de efetivos populacionais de javali com vista à prevenção da peste suína africana (PSA) assim como o reforço de medidas para a diminuição de danos causados em culturas agrícolas e florestais, importa promover mais ações de âmbito nacional que conduzam a uma maior eficiência no controlo daquelas populações”.

Batidas

A correção de densidade de javalis pode ser feita pelo processo de espera e ainda de batida com recurso a cães e ou armas de fogo.

Para pedir a autorização devem as entidades titulares ou gestoras de zonas de caça preencher o modelo 1 anexo ao Edital N.º 2/2019, disponível aqui, que deverá ser entregue diretamente nos serviços do ICNF, ou através de uma das organizações do sector da caça de 1.º nível.

 

 

10 MANDAMENTOS DE SOBREVIVÊNCIA PARA OS “FESTIVALEIROS” DE VERÃO