Encontro de Nucleos Locais de Inserção (NLIs)

Encontro de Nucleos Locais de Inserção (NLIs) em Celorico da Beira

Dando sequência ao I Encontro de NLIs , de Celorico da Beira / Fornos de Algodres, realizado em 2009, o NLI de Celorico da Beira promoveu o Encontro de 2013 que decorreu no passado dia 13 de Dezembro.
Da manhã de trabalhos, constou uma reflexão subordinada ao tema ““Solidariedade /
Desenvolvimento Local, um caminho a percorrer” e a apresentação de “Boas Práticas” pela Equipa de Protocolo RSI da Associação Lageosense de Solidariedade Social.
Neste âmbito, foi possível refletir sobre a importância das Autarquias no desenvolvimento local /inserção dos B.ºs., enquanto entidades próximas dos cidadãos, que procuram atingir metas mas ir mais além ou seja apoiar várias áreas nomeadamente a Educação (Bolsas de estudo, desporto, etc.).
Esta área foi considerada muito importante, porquanto a exclusão é desde cedo que se perceciona, permitindo assim planear uma intervenção atempada e procurando soluções em diversas vertentes.
A atenção e procura ativa de informação das Instituições sobre eventuais Programas que permitam financiar algumas atividades, foi também entendida pelos presentes como necessária para o fim comum que é o desenvolvimento local.
Por fim, tomando como base a definição dum conceito de solidariedade “responsabilidade que um indivíduo tem…”, a reflexão terminou com a frase “ Eu sei que o meu trabalho é uma gota no oceano mas sem ele o oceano não existia” (Madre Teresa de Calcutá).
As Boas Práticas, foram traduzidas na apresentação da atividade “Viver Bem Com Menos”que envolveu beneficiárias do RSI, pessoas da comunidade e equipa do protocolo RSI, na confeção de pão e bolo rainha e que teve como objetivos:
• Demonstrar aos participantes que, utilizando as suas próprias competências, é possível contribuir para a melhoria do seu bem-estar;
• Sensibilizar os participantes a utilizar recursos ao seu alcance e presentes no seu quotidiano para que consigam suprir algumas dificuldades;
• Mostrar que é possível melhorar a economia familiar de forma simples e prática;
• Promover o convívio e a troca de saberes/experiências
No final da referida atividade, as beneficiárias levaram um pão e um bolo e os parceiros presentes no Encontro foram também eles contemplados com um pequeno bolo raínha.