Aviso à População | Perigo de Incêndio Rural

De acordo com o Aviso emitido pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, verifica-se no distrito da Guarda, nos próximos dias, em particular até dia 23 de agosto, um aumento gradual do risco de incêndio, com condições favoráveis à sua rápida propagação.

Perante as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera de tempo seco, recomenda-se a adoção de medidas preventivas e a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo eminente de incêndio rural.

Festival Internacional e Liga Nacional de Parapente em Linhares da Beira

O céu da aldeia histórica de Linhares da Beira, voltou a ser palco do Festival Internacional e Liga Nacional de Parapente que decorreu entre 15 e 18 de agosto. Este ano contou com cerca de 100 participantes, vindos de vários pontos do país e estrangeiro. Um evento cujo sucesso é sentido em toda a linha, o que contribui para que Linhares da Beira se afirme ainda mais como a Capital do Parapente no nosso País.

Aqui é possível voar durante todo o ano, mas os meses de verão afirmam-se como os melhores para a prática da modalidade. O programa deste festival contemplou 3 vertentes: a competição A (para profissionais); a competição B (iniciação à competição) e o Lazer, sendo que a competição A, contou para a Liga Nacional de Parapente.

Para os mais aventureiros e que queiram conhecer Linhares de outra forma, existirão diariamente os batismos de voo em parapente bilugar que irão proporcionar experiências inesquecíveis.

O Festival Internacional e Liga Nacional de Parapente que se realizaram em Linhares da Beira, entre 15 e 18 de agosto contaram com a presença de inúmeros pilotos, que ao longo de cinco dias trocaram experiências num dos melhores spots do nosso país, algo perfeitamente legítimo, se considerarmos a beleza natural do Parque Natural da Serra da Estrela e da Aldeia Histórica de Linhares da Beira.

O Festival Internacional e a Liga Nacional de Parapente em Linhares da Beira são organizados pelo Clube de Voo Livre Vertical e pela Escola Aventura de Linhares da Beira, em colaboração com a Câmara de Celorico da Beira e a Junta de Freguesia de Linhares da Beira.

 

Celorico Jazz & Blues Fest 2019

O Castelo de Celorico da Beira, recebeu durante 3 noites, entre 9 e 11 de agosto, o 1º Festival Internacional de Jazz & Blues. A abertura do festival aconteceu no dia 9 de agosto, com o grupo Low Bay Hot Band e a artista espanhola, Diana Tarin. A música continuou pela noite dentro, com a arte e criatividade do DJ Joe Zagallo. O segundo dia foi da responsabilidade da banda portuguesa Minnemann Blues Band. O DJ Bóinas prolongou o momento musical para os mais resistentes. O cantor e compositor brasileiro, André Rio, encerrou o festival, no dia 11 de agosto, com o reportório de música pernambucana, que tem vindo a difundir pela europa.

O 1º Festival Internacional de Jazz e Blues de Celorico da Beira, tem como principal objetivo, trazer movimento, dinâmica e revitalização ao centro histórico da vila. Pela sonoridade e os ritmos quentes do jazz e blues esperam-se três noites (sexta, sábado e domingo), de grande animação e envolvência feérica no centro histórico.

O jazz e o blues, são ritmos musicais provenientes de África mas, é o continente americano o responsável pela sua projeção no mundo. O jazz e o blues foram os responsáveis pela revolução musical que se operou no séc.XX, no continente americano e, posteriormente, no resto do mundo. Pela pulsação do seu ritmo e pela irreverência das suas guitarras, este género musical tem vindo a granjear adeptos por todo o mundo.

Caminhada Noturna

A vila de Celorico da Beira recebeu no passado sábado ao início da noite mais uma caminhada, esta noturna. Dezenas de participantes caminharam pelos trilhos propostos, uma viagem pela história e pelo património do concelho.

Os participantes foram desafiados a percorrer um itinerário circular com cerca de 12 quilómetros, de dificuldade média/baixa.

Esta iniciativa, insere-se numa das 12 caminhadas programadas pela Câmara Municipal de Celorico da Beira, no âmbito do projeto “Passaporte Caminhadas por Vales e Serras”, que tem como objetivo incentivar a prática da atividade física e, simultaneamente, promover e valorizar o património cultural e natural do concelho.

 

ESCOLA DE PASTORES

Se é um/a jovem em idade ativa e, quer dedicar-se à produção de leite ou à laboração de queijo com DOP (Serra da Estrela, Beira Baixa, Rabaçal), pode inscrever-se na Escola de Pastores, até ao dia 23 de agosto de 2019.

Sob a coordenação dos Institutos Politécnicos de Castelo Branco e de Viseu, a Escola de Pastores surgiu integrada no Programa de Valorização da Fileira de Queijos da Região Centro, com o intuito de qualificar os jovens e dotá-los de conhecimentos e competências necessárias para o exercício da atividade, de forma profissional e rentável, contribuindo desta forma, para o reforço e rejuvenescimento da atividade na região.

O curso, de componente mais prática que teórica, arranca a 23 de setembro e tem uma duração de 4 meses.

A candidatura ao curso habilita-o/a a um prémio “Vale Pastor” de 5 000€.

Escola de Verão da Fundação Francisco Manuel dos Santos

Encontram-se abertas até dia 7 de Agosto, as candidaturas para a Escola de Verão da Fundação Francisco Manuel dos Santos, que irá decorrer entre 10 e 15 de Setembro, de forma gratuita*, em Lisboa.

Durante estes 6 dias os participantes terão a oportunidade de:

  • Conversar com o Professor Arlindo Oliveira, Presidente do Instituto Superior Técnico, sobre os desafios da Inteligência Artificial
  • Reflectir sobre o panorama das Migrações em Portugal com Dr. Vasco Malta, Director do Departamento de Relações Internacionais, Política Migratória e Captação de Migrantes, do Alto Comissariado para as Migrações
  • Desenhar soluções para um planeta mais sustentável com um especialista no tema
  • Realizar actividades lúdicas como construção de robots, aula de kayak no rio Tejo, visitas guiadas, entre outras
  • Entrada e participação no Encontro “O Futuro do Planeta”, que irá decorrer nos dias 14 e 15 de Setembro, no Parques das Nações.

* Os custos de alojamento, deslocação e alimentação são assegurados pela Fundação Francisco Manuel dos Santos.

Aceitam-se candidaturas de alunos que estejam a frequentar o 11º e 12º ano de escolaridade no ano lectivo de 2019/2020. Os interessados devem enviar um vídeo (máx. 2 min.) ou uma carta de motivação (máx. 1 página word) para mbarreiros@ffms.pt até ao dia 7 de Agosto de 2019.

Para mais informações: https://www.ffms.pt/conferencias/detalhe/3961/escola-de-verao-da-fundacao

Visitas Guiadas Encenadas ao Centro Histórico de Celorico da Beira

Decorreu neste sábado, 3 de agosto, ao início da noite, a primeira visita encenada ao centro histórico da vila de Celorico da Beira, onde os participantes puderam viajaram pelo mundo da história da vila, ficando a conhecer in loco, de uma nova perspetiva e de forma interativa, o património e os acontecimentos que marcaram a História de Celorico da Beira ao longo do tempo.

Esta iniciativa, promovida pelo Município de Celorico da Beira, insere-se no projeto “Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela”, que abrange os 15 Municípios da Região, liderado pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela com a colaboração da Associação de Municípios da Cova da Beira, estando a encenação a cargo da Associação Hereditas.

Sintonias Serranas foi apresentado em Celorico da Beira

A Praça da República foi palco de um espetáculo visual e sonoro integrado no programa “Cultura em Rede”, promovido pela CIM-BSE – Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela, com o intuito de animar os centros históricos e urbanos dos municípios que constituem esta comunidade.

Em Sintonias Serranas, espetáculo que alia música, voz, imagens em movimento e coreografias, os espetadores tiveram a oportunidade de ver em palco celoricenses (voluntários), a interpretar melodias e canções de todos os tempos.

“Cultura em Rede das Beiras e Serra da Estrela” é um projeto lançado pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, com o objetivo de consolidar uma rede territorial e institucional vocacionada para a projeção e divulgação do território e da sua identidade, fortemente alicerçada na promoção da cultura e do turismo cultural, cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

O projeto está direcionado para a animação dos centros históricos e urbanos da região e consiste num espetáculo de dança, música e teatro em cada um dos 15 municípios que integra esta Comunidade Intermunicipal.

A iniciativa “Sintonias Serranas” pretende divulgar e promover uma performance artística, enquadrada numa linguagem musical, realizada em parceria com a companhia Coruja do Mato, na qual participam os residentes dos concelhos de Gouveia, Celorico da Beira, Manteigas, Fornos de Algodres e Seia, que através de melodias e canções irão despertar a memória afetiva e descrever vivências e hábitos locais.

 

5ª etapa da Volta a Portugal em Bicicleta 2019 – Meta volante em Celorico da Beira

Na próxima segunda feira, dia 5 de agosto, Celorico da Beira recebe a passagem da 5ª etapa da 81ª Volta a Portugal em Bicicleta.

A principal corrida do calendário nacional terá um momento de passagem em Celorico da Beira, com uma meta volante, às 16h29, na rua Sacadura Cabral.

A 5ª etapa corre-se entre Oliveira do Hospital e a Guarda, às 16h09 passagem na freguesia de Linhares da Beira, às 16h10 na Carrapichana, às 16h18 na N17 – Cortiçô da Serra, às 16h25 em Celorico da Beira, e a meta volante na Rua Sacadura Cabral, às 16h29, seguindo o pelotão em direção à Ratoeira, Lajeosa do Mondego, com término na Guarda.

A Volta a Portugal 2019 começou no dia 31 de julho com o prólogo em Viseu, a cidade de Porto irá receber a grande final desta prova desportiva, a 11 de Agosto.

Mais informações em:
https://www.volta-portugal.com/etapas/5%C2%AA-etapa/