Dia Internacional das Florestas | “Restauro Florestal: o caminho para a recuperação e o bem-estar”

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), assinala o Dia Internacional das Florestas (21 de março), disponibilizando 50.000 árvores autóctones produzidas nos seus viveiros, a cidadãos e proprietários rurais que desejem fazer plantação.

Com o tema “Restauro Florestal: o caminho para a recuperação e o bem-estar” o ICNF objetiva sensibilizar a população para a importância da recuperação das florestas enquanto caminho para se alcançar saúde e bem-estar social, uma vez que dos ecossistemas florestais se extrai a base para muitos produtos farmacológicos e as florestas podem constituir uma proteção adicional para futuras pandemias.

A distribuição das árvores terá lugar entre os dias 19 e 26 de março de 2021, nos postos de atendimento selecionados do ICNF em todo o país, mediante a observância de regras e condições, a saber:

  • Na região da Guarda a distribuição das árvores ocorrerá no Edifício da Zona Agrária, Bairro Nossa Sra. dos Remédios – Tel. 271208400;
  • Inscrever-se para recolher as árvores através do contacto telefónico do local selecionado ou por email para ICNFsomosTODOSnos@icnf.pt;
  • Identificar-se nos locais de recolha no horário combinado;
  • Comprometer-se a remeter uma fotografia da plantação para ICNFsomosTODOSnos@icnf.pt;
  • Partilhar ou permitir a partilha das fotos com a hashtag #ICNFsomosTODOSnos.

O ICNF, por seu lado, fará a divulgação destas plantações nas suas redes sociais.

REGRAS

  • A recolha é feita nos seguintes postos de atendimento do ICNF (ver locais de recolha), entre os dias 19 e 26 de março de 2021;
  • A inscrição para a recolha das árvores é obrigatória e deve ser realizada através do contacto telefónico do local selecionado ou por email para ICNFsomosTODOSnos@icnf.pt;
  • No momento da inscrição é necessário indicar o nome do requerente, o local de recolha, o dia da recolha (nos dias úteis entre 19 e 26 de março) e se a recolha das árvores será realizada no período da manhã (9h00-13h00) ou da tarde (13h00-17h00);
  • Podem recolher árvores para plantação os cidadãos maiores de 18 anos, bem como representantes de entidades privadas sem fins lucrativos, devidamente identificados;
  • Compromisso de promover a sua plantação no prazo máximo de uma semana após o levantamento das árvores;
  • As espécies disponíveis para recolha são: medronheiros, sobreiros, azinheiras, pinheiros mansos, alfarrobeiras, castanheiros, amieiros, entre outras folhosas. Cada cidadão pode recolher um máximo de 10 (dez) exemplares;
  • Os representantes de entidades privadas sem fins lucrativos podem levantar até um máximo de 50 exemplares;
  • Os levantamentos são sujeitos à existência de disponibilidade em cada local;
  • Os proprietários rurais, que tenham como objetivo a plantação em pequenas parcelas de terreno (com área não superior a 5.000 m2), desde que identifiquem a parcela a plantar, podem levantar até um máximo de 100 exemplares;
  • O transporte das árvores, a escolha do local e a obtenção da permissão para a plantação junto de quem de direito, é da inteira responsabilidade dos cidadãos que realizem a plantação, no respeito pela legislação em vigor;
  • Os cidadãos e demais representantes de entidades que procedam ao levantamento das árvores comprometem-se a remeter ao ICNF no prazo de 48h após a plantação, as fotografias com a identificação da data e do local onde foi realizada essa plantação, para ICNFsomosTODOSnos@icnf.pt;
  • Os cidadãos que participem nas ações de plantação são convidados a partilhar nas redes sociais as fotografias e vídeos dessas plantações, recorrendo à identificação da publicação com a hashtag #ICNFsomosTODOSnos.

 

Mensagem de Natal do Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Carlos Ascensão, aos celoricenses

Fundação “Nova Era Jean Pina” ofereceu 60 cabazes de Natal em Celorico da Beira

Para atenuar as dificuldades causadas pela pandemia da Covid-19, o presidente da Fundação “Nova Era Jean Pina”, João Pina, ofereceu 60 Cabazes de Natal a famílias necessitadas do concelho de Celorico da Beira.

Cada cabaz contem vários produtos, nomeadamente bacalhau, bolo rei, açúcar, farinha, leite, azeite, compota, enchidos, queijo, enlatados… para que a noite mais longa do ano, este ano indubitavelmente diferente, aqueça a alma de quem os vai receber.

A entrega contou com o apoio logístico da Câmara Municipal de Celorico da Beira e do Agrupamento de Escolas de Celorico da Beira.

A Fundação “Nova Era Jean Pina” vai distribuir mais de 800 cabazes de Natal, em Portugal e França, junto de famílias carenciadas. No total, a Fundação presidida pelo empresário João Pina, natural do concelho da Guarda mas radicado em França, na zona de Paris, há várias décadas, vai gastar mais de nove mil euros.

Em Portugal serão entregues cerca de 500 cabazes, na região da Guarda, nomeadamente nos concelhos da Guarda, Celorico da Beira, Almeida e Figueira de Castelo Rodrigo, assim como em Mangualde, no Distrito de Viseu.

 

Liga Portuguesa Contra o Cancro

Decorreu de 29 de outubro a 2 novembro de 2020, o peditório da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), este ano menos participativo, por força dos constrangimentos impostos no atual contexto pandémico.
Atendendo a que o peditório nacional constitui a principal fonte de receitas da LPCC, torna-se imperioso para a prossecução da sua missão de apoio ao doente oncológico e família, bem como, para a realização das atividades, prosseguir com a angariação de fundos através de meios alternativos de apoio, a saber: Multibanco, MBWay ou transferência bancária.
A Liga Portuguesa Contra o Cancro precisa do seu donativo. Seja solidário!

Corteva e CAP lançam Programa TalentA para empreendedoras rurais

A Corteva Agriscience, empresa do setor agrícola, em colaboração com a CAP (Confederação dos Agricultores de Portugal), lança em Portugal o programa TalentA. A iniciativa, pioneira no nosso país, visa valorizar o papel que as mulheres desempenham como agentes essenciais na sociedade e, apoiá-las no desenvolvimento dos seus próprios projetos, num compromisso com o futuro do mundo rural.

As interessadas em participar da 1.ª edição do programa em Portugal, devem submeter a sua candidatura em programatalenta.pt, até 7 de fevereiro de 2021. Podem concorrer a este programa todas as empreendedoras rurais com projetos nas áreas agrícolas e agroalimentares desenvolvidos em meios rurais até 20.000 habitantes (exceto ilhas, localidades rurais ou distritos com maior dispersão geográfica), e com projetos em fase inicial e de planeamento ou já implementados em ambientes rurais e que desejem iniciar uma nova linha de negócio ou melhorar a que já têm.

Das candidaturas efetuadas serão selecionados três projetos finalistas. A vencedora recebe um apoio financeiro de 5.000 € para investir na implementação do seu projeto e terá acesso a um programa de formação ao longo do ano de 2021. A segunda e terceira classificadas vão ter acesso ao programa de formação promovido pela CAP para dotar os projetos de mais ferramentas de trabalho e métricas de sucesso.

As vencedoras serão anunciadas pela Corteva e pela CAP no dia 8 de março de 2021, Dia Internacional da Mulher.

Covid-19 | Bens de primeira necessidade à distância de uma chamada telefónica

Conscientes das necessidades de quem neste período possa ter algum tipo de limitação no acesso a bens alimentares ou farmacêuticos, a Câmara Municipal de Celorico da Beira garante o seu transporte.

Contacte-nos através do número 271 747 400 e dê-nos conhecimento das suas necessidades, far-lhe-emos chegar com a maior brevidade possível os bens de que necessita.

Visita virtual 360º | Um outro olhar

Seja qual for o motivo pelo qual adia fazer-nos uma visita, saiba que a partir de hoje pode fazê-lo, em total segurança, a partir do conforto da sua casa ou de um qualquer outro local com acesso à internet.

Um outro olhar, é o que a visita virtual 360º lhe permite obter sobre os 7 espaços (Castelo de Celorico da Beira, Castelo de Linhares da Beira, Solar do Queijo, Museu do Agricultor e do Queijo, Escola Museu de Salgueirais, Moinhos de Água da Rapa e Casa do Mundo Rural de Prados), agora sempre acessíveis.

Conheça o património, a história, as vivências e tradições do Concelho; revisite as memórias de infância; amenize a saudade causada pela distância geográfica, ou simplesmente planeie, com tempo, a sua visita a Celorico da Beira.

Até que seja possível contemplar a paisagem, sentir a brisa, escutar os cursos de água, apreciar o aroma e o paladar das nossas iguarias, faça-nos uma visita!

Aceite a nossa sugestão, sente-se confortavelmente e, sem custos, contratempos, nem pressas, comece a viagem. Pare, sempre que necessário, e quando oportuno, retome e continue a explorar.

Boas experiências!

Covid-19 | Novo Estado de Emergência vigora entre 24 de novembro e 8 de dezembro

No âmbito do Decreto do Presidente da República n.º 59-A/2020, de 20 de novembro, que renova o estado de emergência em todo o território nacional entre as 00h00 do dia 24 de novembro e as 23h59 do dia 8 de dezembro de 2020, o Conselho de Ministros determina as medidas de combate à Covid-19, que irão vigorar nos próximos 15 dias.

 

Medidas Gerais:

  • Uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho, exceto quando os postos de trabalho são isolados ou quando haja separação física entre os diferentes postos de trabalho;
  • Proibição de circulação entre concelhos:

. entre as 23h00 do dia 27 de novembro e as 5h00 de 2 de dezembro;

. e entre as 23h00 do dia 4 de dezembro e as 5h00 de 9 de dezembro;

  • Nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro, véspera de feriados nacionais:

. Suspensão de atividades letivas;

. Tolerância de ponto na Função Pública;

. Apelo a Entidades Privadas para dispensa de trabalhadores.

 

Medidas Específicas:

 

Nos concelhos de risco elevado:

  • Mantem-se a proibição de circulação na via pública, no período compreendido entre as 23h00 e as 5h00;
  • Aumento das ações de fiscalização ao cumprimento do teletrabalho obrigatório;
  • Manutenção dos horários de encerramento:

. Estabelecimentos comerciais às 22h00;

. Restaurantes e equipamentos culturais às 22h30.

 

Nos concelhos de risco muito elevado e extremamente elevado aplica-se:

  • A proibição de circulação na via pública aos sábados, domingos e nos feriados dos dias 1 e 8 de dezembro, entre as 13h00 e as 5h00;
  • O encerramento dos estabelecimentos comerciais entre as 13h00 e as 5h00, aos sábados, domingos e nos feriados dos dias 1 e 8 de dezembro;
  • O encerramento dos estabelecimentos comerciais a partir das 15h00, nas vésperas dos feriados, dias 30 de novembro e 7 de dezembro.

 

 

25 de novembro | Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres

A Organização das Nações Unidas designou em 1999, o dia 25 de novembro, como o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres. A data, visa alertar a sociedade para os vários casos de violência contra as mulheres, nomeadamente casos de abuso ou assédio sexual, maus tratos físicos e psicológicos.

O Núcleo de Atendimento às Vítimas de Violência Doméstica (NAV), de forma anónima e gratuita, presta apoio social, acompanhamento psicológico e atendimento jurídico, às mulheres vítimas de violência do distrito da Guarda.

A violência é crime público, denunciá-la é uma responsabilidade de todos!

Censos 2021 | Recrutamento de Delegados Municipais e Sub-regionais

O Instituto Nacional de Estatística vai realizar, em abril de 2021, o XVI Recenseamento Geral da População e VI Recenseamento Geral da Habitação – Censos 2021.

No âmbito desta operação estatística nacional, decorre até 30 de novembro de 2020, em recrutamento.ine.pt, o recrutamento de 140 Delegadas/os Sub-Regionais e de 450 Delegadas/os Municipais, em todo o País.

Candidate-se e participe neste desafio!

Covid-19 | Mensagem do Presidente da Câmara Municipal

Face à evolução da situação pandémica no concelho, o Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Carlos Ascensão, faz um apelo a todos os celoricenses:

Estamos a viver momentos muito difíceis.

Estamos solidários com o sofrimento de muitos que neste momento lutam contra esta doença.

O crescente número de casos positivos no concelho exige de todos nós comportamentos prudentes e máxima responsabilidade coletiva.

Todos somos necessários para fazer frente a este surto comunitário que nos atingiu com gravidade e que queremos, e podemos, ultrapassar o mais depressa possível.

Num esforço coletivo, todos os agentes locais de proteção civil, unidade de saúde, autarcas e parceiros sociais responderam com prontidão acionando os meios técnicos de ajuda possíveis.

Estamos a fazer tudo aquilo que está ao nosso alcance: desinfeções, testagens, afetação de recursos, material de proteção, voluntariado e aconselhamento.

Vamos ter, ainda, dias muito difíceis pela frente nas próximas duas semanas.

Apelamos, por isso, ao civismo e à adoção de comportamentos responsáveis.

O nosso maior desafio está na mão e consciência de cada um.

Proteja-se! Por Todos.

Covid-19 | Pedido de Voluntariado Urgente

Na sequência do surto epidémico que afeta utentes, profissionais e corpo dirigente do Lar de S. Francisco, da Santa Casa da Misericórdia de Celorico da Beira, apela-se à sociedade civil e aos profissionais de saúde que possam prestar voluntariado nesta Instituição o favor de ligarem para os seguintes contactos:  271 743 555 ou 964 545 731.

Preste, por favor, o seu contributo para minimizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus junto dos que mais precisam. Neste momento, todo o auxílio é bem-vindo.

Vamos todos ajudar!

Governo apoia atividades dos setores agrícola e agropecuário com financiamento de energia

Em conformidade com o disposto na Portaria n.º 265-B/2020, de 16 de novembro, é concedido um apoio extraordinário aos custos com a eletricidade nas atividades dos setores agrícola e agropecuário, em território continental, no período compreendido entre julho e dezembro de 2020.

Este apoio financeiro destina-se a pessoas singulares ou coletivas que exerçam a atividade agrícola, bem como às cooperativas agrícolas e organizações de produtores reconhecidas que assegurem a armazenagem, conservação e comercialização de produtos agrícolas e pecuários, desde que disponham de contadores que permitam a individualização inequívoca da energia consumida na respetiva atividade.

Os níveis de apoio a conceder correspondem a:

  • 20% no caso das explorações agrícolas até 50 hectares de superfície agrícola ou explorações agropecuárias até 80 cabeças normais;
  • 10% no caso das explorações agrícolas com área superior a 50 hectares de superfície agrícola ou explorações agropecuárias com mais de 80 cabeças normais, bem como a cooperativas e organizações de produtores.

Para efeitos de cálculo do valor do apoio a conceder, considera-se um custo anual de referência de 17€/KVA de potência contratada, a aplicar ao valor total de potência contratada, associada a cada contador (CPE), sendo considerado, para este efeito, os valores contratualizados em outubro de 2020.

O processo de candidatura decorre até 30 de novembro de 2020, através de formulário desmaterializado, disponível na Área Reservada do Portal, em O Meu Processo » Medidas de Mercado » Apoios Nacionais » Ajudas ao custo com Eletricidade.

Previamente ao preenchimento do formulário do pedido de pagamento, deve ser consultado o Manual da Ajuda, disponível na respetiva página, o qual, dispõe de informação detalhada sobre este apoio.

Para mais informações, contacte o IFAP através do endereço de correio eletrónico Isencao.CAV@ifap.pt ou através do Contact Center.

 

Covid-19 | Agradecimento

O Presidente da Câmara Municipal, Carlos Manuel da Fonseca Ascensão, expressa a sua solidariedade e formula votos de uma célere recuperação a todos os utentes e funcionários do Lar de São Francisco, aos alunos, funcionários, professores e pais do Agrupamento de Escolas de Celorico da Beira e, a todos os munícipes infetados por Covid-19.

Um reconhecido elogio aos funcionários e diretores da Santa Casa da Misericórdia, bem como, aos de todas as IPSS´s do nosso concelho e, de modo igual, a todos os cidadãos envolvidos nesta luta difícil e sem tréguas.

Uma palavra de grande apreço para os Bombeiros Voluntários de Celorico da Beira que, em articulação com a Proteção Civil Municipal e Distrital, estão, como sempre estiveram, na linha da frente deste combate.

Para todos os profissionais de saúde, em particular da nossa unidade local, demais autoridades e, a todos os que, de um ou outro modo, estão envolvidos e colaboram neste combate, uma palavra de enorme gratidão.

Ao senhor António José Batista e ao Hotel Mira Serra, um enorme Bem-haja pelo elevado sentido cívico demonstrado. Este, é um verdadeiro exemplo de solidariedade ativa. Apraz-nos registar a disponibilidade manifestada desde o primeiro momento para hospedar os voluntários (13), que vieram dar apoio ao Lar de S. Francisco e, posteriormente, para naquela unidade instalar os 15 utentes Não Covid-19. Apesar dos riscos que estas operações envolvem e das enormes dificuldades pela qual está a passar a unidade hoteleira, as portas têm estado sempre abertas para colaborar em prol do bem comum.

Avizinham-se, ainda, dias muito difíceis. Apelamos, por isso, à entreajuda e à adoção de comportamentos responsáveis.

 

Bem hajam a Todos!

 

Covid-19 | Medidas do novo estado de emergência para concelhos de risco elevado

Com base nos critérios epidemiológicos estabelecidos pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 92-A/2020, de 2 de novembro, ao concelho de Celorico da Beira, dada a evolução da sua situação pandémica, passam a ser aplicadas as restrições especiais definidas para os concelhos de elevado risco, com efeitos a partir das 00:00h desta segunda-feira, dia 16 de novembro de 2020.

 

Face ao exposto, para além das medidas de âmbito nacional, no concelho de Celorico da Beira passam a vigorar as seguintes restrições:

– A proibição de circulação na via pública entre as 23h00 e as 05h00 durante a semana e a partir das 13h00 ao fim-de-semana;

– O encerramento do comércio até às 22h00 durante a semana e ao fim-de-semana a abertura será a partir das 8h00 e o encerramento às 13h00, exceto em casos restritos como farmácias, clínicas e consultórios, estabelecimentos de venda de bens alimentares até 200 m2 com porta para a rua e bombas de gasolina;

– O encerramento dos restaurantes até às 22h30 durante a semana e ao fim-de-semana a partir das 13h00 só poderão funcionar para entrega ao domicílio.

 

Apela-se ao cumprimento das novas regras, bem como à pratica do distanciamento físico, da lavagem frequente das mãos, do uso obrigatório de máscara, da etiqueta respiratória e da utilização da App Stayaway Covid.

 

A sua colaboração é essencial, por favor, ajude-nos a ajudar.

 

Cuidar de Si, é cuidar de Todos!

 

Covid-19 | Comunicado

Face à evolução da situação pandémica no concelho, o Município de Celorico da Beira, em articulação com a Proteção Civil Municipal e a Associação Humanitários dos Bombeiros Voluntários de Celorico da Beira acionou algumas medidas do Plano de Ação da Proteção Civil Municipal. Tratou-se de responder com prontidão acionando os meios técnicos possíveis.

Após reunião com a Direção do Agrupamento de Escolas e empenhado em salvaguardar a saúde dos munícipes, o Município contratualizou uma equipa de enfermagem para testar, com recurso a testes rápidos de antigénio, as comunidades locais identificadas pela autoridade de saúde com casos positivos, nos últimos dias. Até ao momento, foram testados os funcionários do Agrupamento de Escolas de Celorico da Beira, os motoristas e funcionários afetos ao setor de educação do Município, bem como, os funcionários das duas IPSS do concelho com valência de pré-escolar.

Durante a próxima semana dar-se-á continuidade à operação de testagem contratualizada, nomeadamente dos funcionários do Município de Celorico da Beira e dos docentes do Agrupamento de Escolas de Celorico da Beira.

Paralelamente às testagens, está em curso o planeamento de ações de desinfeção, realizadas em condições de segurança, com equipamento qualificado tendo já sido desinfetada a Escola Básica e Secundária Sacadura Cabral, o Jardim de Infância e ATL Municipal e a EB1 de Santa Luzia. Estas ações terão continuidade.

Agradecemos à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Celorico da Beira todo apoio prestado que foi fundamental na proteção ativa dos cidadãos.

Ao Município de Gouveia o agradecimento pela cedência de equipamento de desinfeção (gerador de ozono).

Canta o Natal

Cantar o Natal, é uma das muitas formas culturais de celebrar esta efeméride. A canção dá voz ao sentido e aos valores do Natal. Atribui-lhe a magia, alegria, beleza e fantasia, que a música, eterniza.

Com o propósito de celebrar este importante acontecimento, o Município de Celorico da Beira promove a atividade “Canta o Natal”, destinada a toda a comunidade (munícipes e instituições locais), devendo as participações (em vídeo, com a duração máxima de 5 minutos), ser submetidas para o e-mail: centrocultural@cm-celoricodabeira.pt, até ao próximo dia 15 de dezembro.

Consulte, na íntegra, as normas de participação.

Entre no espírito natalício e participe!

Covid-19 | Atualização da evolução da pandemia no concelho de Celorico da Beira

Na sequência da evolução da pandemia no concelho e da reavaliação efetuada esta quinta-feira pelo Conselho de Ministros, Celorico da Beira, a partir da próxima segunda-feira, dia 16 de novembro, passa a integrar a lista de concelhos de risco elevado de transmissão da covid-19.

Assim, alarga-se para 191 o n.º de concelhos de alto risco de contágio no País. A situação é muito grave.

O Presidente da Câmara Municipal, Carlos Ascensão, reitera o apelo ao sentido de responsabilidade de todos, é fundamental que todos os celoricenses adotem comportamentos que diminuam o risco de contágio.

Em breve serão divulgadas as novas medidas restritivas impostas pelo agravamento da situação.

Obedeça às orientações das autoridades!

Proteja-se!

Assim estaremos a respeitar o direito à vida dos outros!

Aviso | Sessão de Esclarecimento sobre alteração do PDM

Vai ter lugar no próximo dia 16 de novembro, pelas 11H00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, uma sessão de esclarecimento relativa à Alteração do PDM de Celorico da Beira, dirigida essencialmente aos técnicos que trabalham em gestão urbanística com esta autarquia.

Por força do agravamento da situação epidemiológica no país, o acesso à sessão será limitado, por forma a poder garantir-se o cumprimento de todas as normas de segurança determinadas pela DGS, nomeadamente, o uso de máscara, cumprimento do distanciamento mínimo de dois metros, controlo de temperatura corporal e higienização das mãos, no acesso à sessão.

Para mais informações, consulte o Aviso n.º 4/2020 ou contacte 271 747 400 – ext. 213.

Covid-19 | Novo Estado de Emergência vigora entre 9 e 23 de novembro de 2020

O Presidente da República decretou na passada sexta-feira, 6 de novembro de 2020, com base na situação de calamidade que se verifica, o estado de emergência que irá abranger todo o território nacional, entre as 00h00 do dia 9 de novembro e as 23h59 do dia 23 de novembro de 2020.

Na sequência da declaração do estado de emergência, o Conselho de Ministros determinou as seguintes medidas:

  1. Proibição de circulação na via pública nos 121 concelhos com risco elevado de transmissão da Covid-19, entre as 23h00 e as 05h00, exceto deslocações para o trabalho, regresso ao domicílio, situações de emergência, passeio higiénico na proximidade da habitação ou passeio de animais de estimação, entre outros;

  2. Proibição de circulação na via pública nos 121 concelhos com risco elevado de transmissão da Covid-19, ao fim-de-semana a partir das 13h, exceto deslocações para o trabalho, regresso ao domicílio, situações de emergência, passeio higiénico na proximidade da habitação ou passeio de animais de estimação, entre outros;

  3. A possibilidade de controlo de temperatura corporal, por meios não invasivos, no acesso a locais de trabalho, estabelecimentos de ensino, meios de transporte, espaços comerciais, culturais e desportivos;

  4. A possibilidade de serem exigidos testes de diagnóstico para a Covid-19, nas seguintes situações:

  • Em estabelecimentos de saúde;
  • Em lares;
  • Em estabelecimentos de ensino;
  • À entrada e saída de território nacional;
  • Em estabelecimentos prisionais;
  • Outros locais, por determinação da DGS.
  1. A possibilidade de requisitar recursos, meios e estabelecimentos de saúde dos setores privado e social;

  2. A mobilização de recursos humanos para reforço da capacidade de rastreio (realização de inquéritos epidemiológicos, rastreio de contactos, seguimento de pessoas sob vigilância ativa), nomeadamente a:

  • Trabalhadores em isolamento profilático;
  • Trabalhadores de grupos de risco,
  • Professores sem componente letiva;
  • Militares das forças armadas.