Covid-19 | Orientações para o ano letivo 2020-2021

Com o início do novo ano letivo, que terá lugar entre 14 e 17 de setembro, é importante informar e sensibilizar toda a comunidade educativa para o cumprimento das orientações conjuntas da DGEstE, da Direção-Geral da Educação (DGE) e da Direção-Geral da Saúde (DGS), com o propósito de salvaguardar a retoma das atividades letivas e não letivas em condições de segurança, garantindo o direito de todos à educação no ano letivo 2020/2021.

 

Para um regresso diferente, mas em segurança, aplicam-se ao Ensino Pré-Escolar e 1.º Ciclo as seguintes regras:

1. Lavar muitas vezes as mãos, com água e sabão;
2. Mesmo com as mãos limpas, não devem tocar na boca, nariz e olhos;
3. Quando tossirem e espirrarem, tapem a boca e o nariz com o braço;
4. Se estiverem tristes ou zangados, não tenham medo de dizer;
5. Se sentirem dores de cabeça, muito quentes ou cansados também devem contar.

 

Para os Ensinos Básico e Secundário as regras são as seguintes:

1. Circular pelos percursos assinalados;
2. Cumprir as regras dos intervalos e dos recreios;
3. A biblioteca, o refeitório e o bar têm regras novas;
4. As salas de aulas podem estar diferentes e os horários também;
5. Usar sempre máscara;
6. Desinfetar e lavar as mãos muitas vezes;
7. Evitar tocar em superfícies;
8. Não partilhar objetos, nem comida;
9. Abraços e beijinhos ficam para outra altura.

 

 

“Era uma vez em 1169” animou Linhares da Beira

“Era uma vez em 1169”, este foi o mote da edição de 2020 do ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” que decorreu em Linhares da Beira promovido pela Associação de Desenvolvimento Turístico Aldeias Históricas de Portugal e pelo Município de Celorico da Beira.

Este ano, devido à pandemia de Covid-19, só foi sentido e vivido à distância, através de um computador, smartphone ou tablet. Na realidade, foi transmitido, em ‘live streaming´.

Um showcooking com produtos autóctones da região protagonizado por Tiago Bonito (chef estrela Michelin), e ao anoitecer, num cenário medieval, um concerto dos The Legendary Tigerman “One Man Band” no majestoso e lendário castelo da aldeia, logo seguido de uma curta metragem com alguns momentos e lendas marcantes da história de Linhares da Beira e das origens de Portugal.

A edição de 2020 do ciclo de espetáculos “12 em Rede” – Aldeias em Festa começou a 6 de setembro, em Castelo Rodrigo, e vai percorrer as 12 Aldeias Históricas de Portugal, terminando a 7 de novembro, em Monsanto.

Ciclo “12 em Rede” 2020 | Aldeia Histórica de Linhares da Beira | Estreia do filme “Era uma vez em 1169…”

Quando o foral de Linhares é roubado, Dinis fica retido no passado. Enquanto tenta repor a História, irá cruzar-se com os mais emblemáticos personagens da aldeia: Dona Lopa tenta provar que a sua criada é a encarnação do mal, o Alcaide luta contra a sua própria natureza e Bernardo da Costa reclama a “sua” praça. Num lugar em que cada recanto esconde segredos e perigos, Dinis cruzará os séculos em defesa da sua missão. Conseguirá ele regressar a casa?

Assista ao vídeo da peça de teatro encenada “Era uma vez em 1169…”, sobre momentos e lendas marcantes da história de Linhares desde 1169 até aos dias de hoje.

 

“Era uma vez em 1169…” | Aldeia Histórica de Linhares da Beira

As mais míticas lendas e os momentos mais épicos da História da Aldeia Histórica de Linhares da Beira, desde 1169 até aos dias de hoje. Segredos de que as paredes empedradas e os recantos da Aldeia Histórica de Linhares da Beira são silenciosos testemunhas, para descobrir no próximo dia 12 de setembro, via streaming no site e Facebook do Município de Celorico da Beira, no Teatro de Rua: “Era uma vez em 1169…”, por ocasião do Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa”, na Aldeia Histórica de Linhares da Beira. Não perca!

Dia dos Avós

O Município de Celorico da Beira e a Biblioteca Municipal comemoram, hoje, dia 26 de julho, o Dia do Avós, com a atividade Hora do Conto, com o propósito de homenagear a relação afetiva, especial e singular, que une avós e netos.

 

A Hora do Conto, tem execução técnica do Gabinete de Comunicação e Relações Públicas e conta com a participação dos técnicos da Biblioteca para dar vida e emocionar-nos com os personagens (Manuel e Manuela), do livro “Avós”, da escritora Chema Heras, com belíssimas ilustrações a aguarela, de Rosa Osuna.

 

Através dos olhos de amor do casal de idosos, Manuel e Manuela, descobrimos que o belo não morre. Com o passar dos anos alteram-se os padrões, a beleza é encarada noutra perspetiva, com mais doçura, através do “olhar” do coração, dos afetos, dos sentimentos. É um texto poético que nos mostra todo o carinho que pode existir quando o corpo murcha e nos faz descobrir as vantagens de viver com um sorriso nos lábios.

 

 

Comunicado | Município cancela todos os eventos previstos para o verão e outono

O Município de Celorico da Beira informa os celoricenses, as comunidades de emigrantes e cidadãos em geral que nos visitam nesta altura do ano, que estão cancelados todos os eventos previstos para o verão e outono de 2020.
No comunicado, o Presidente da Câmara, Carlos Ascensão, considera que “não pode dar sinais contraditórios à sociedade, face ao desconhecimento da evolução da pandemia de covid-19. Neste tempo de incerteza e de imprevisibilidade, face ao desconhecimento da evolução da covid-19 e de uma eventual segunda vaga, o Município de Celorico da Beira, num sentido de prudência, responsabilidade e respeito pela vida não vai organizar os eventos que estavam previstos para o verão e outono.”

A situação de suspensão dos eventos será reavaliada, e poderá sofrer alterações em função das decisões emanadas pelas autoridades de saúde, pela DGS, e de acordo com os alertas da Proteção Civil Municipal.

Consulte o Comunicado na íntegra.

Prolongamento da Situação de Alerta | Risco Agravado de Incêndios Rurais

Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio rural, o Ministro da Administração Interna e o Ministro do Ambiente e da Ação Climática, através do Despacho n.º 7284/2020,  determinam o prolongamento da situação de alerta até às 23h59 do dia 21 de julho de 2020, para todos os distritos de Portugal Continental.

 

Declaração de Situação de Alerta | Risco agravado de incêndios florestais

Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio florestal, o Ministro da Administração Interna e o Ministro do Ambiente e da Ação Climática emitem Despacho que determina a Declaração de situação de alerta – Risco agravado de incêndios florestais, no período compreendido entre as 00h00 do dia 17 de julho e as 23h59 do dia 19 de julho de 2020, para todos os distritos de Portugal Continental.

Covid-19 | Webinars Vê Portugal ON | Selo “Clean & Safe”

No prosseguimento dos webinars temáticos “Vê Portugal ON” levados a cabo, pela Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal, desde o dia 14 de abril, vão realizar-se, de 20 a 22 de maio de 2020, seis videoconferências dedicadas ao processo de Certificação “Clean & Safe” do setor turístico do centro de Portugal.

Os seis webinars são dirigidos aos empresários da atividade turística, contam com a colaboração das associações do setor e, têm o propósito de abordar as ferramentas necessárias para que as empresas possam cumprir, com sucesso, os requisitos para a obtenção e manutenção do selo “Clean & Safe”, de forma que seja possível assegurar, o Centro de Portugal como um destino seguro.

As sessões “Clean & Safe” são as seguintes:

DATA | HORA

WEBINAR

COLABORAÇÃO

20 de maio – 10H00 Empreendimentos Turísticos AHP – Associação de Hotelaria de Portugal
20 de maio – 14H00

 

Alojamento Local ALEP – Associação de Alojamento Local
 

21 de maio – 10H00

 

Empresas de Animação Turística

APECATE – Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos
 

21 de maio – 14H00

Agências de Viagem e Turismo APAVT – Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo
 

22 de maio – 10H00

Restauração AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal
 

22 de maio – 14H00

 

Rent-a-Car

ARAC-Associação dos Industriais de Aluguer de Automóveis Sem Condutor

Cada videoconferência conta com a participação de um, ou vários especialistas convidados, e os participantes podem interpelá-los diretamente. As sessões são gratuitas mas com limite de participantes. Inscreva-se em: www.turismodocentro.pthttps://bit.ly/3bswT15.

Numa altura em que o país está a dar os primeiros passos para a retoma económica, na sequência da crise pandémica COVID-19, que afetou a economia e, muito particularmente o setor do turismo, uma das principais fontes de rendimento do país, a atribuição do selo de certificação “Clean & Safe” aos estabelecimentos turísticos, é extremamente importante para a revitalização do setor, porque constitui a garantia para os turistas, de que foram cumpridas todas as recomendações das autoridades de saúde para evitar a contaminação dos espaços com o SARS-CoV-2.

História Milenar do Queijo Serra da Estrela DOP apresentada em Live Stream

Integrado na Feira dos Vinhos e do Queijo DOP, que decorre até ao próximo dia 15 de maio em  dott.pt, o Dott e a Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra estão a organizar um webinar sobre o tema “Queijo Serra da Estrela DOP – Uma tradição Milenar”. O webinar realiza-se hoje, dia 08 de maio, a partir das 18H30, em live stream, no Instagram do Dott.

O live stream vai ser conduzido por Filipe Themudo, Head of Growth Dott e tem como convidado João Pires, um dos mais jovens pastores do país, com apenas 29 anos, formado em Engenharia Zootécnica, e membro da direção da Estrelacoop, Cooperativa dos Produtores de Queijo Serra da Estrela DOP. Uma conversa agradável e interessante, transmitida diretamente do pasto onde tem um rebanho de Ovelhas Serra da Estrela com, aproximadamente, 630 animais, um dos maiores da região.

A iniciativa da Feira dos Vinhos e Queijo DOP, organizada pela Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra no âmbito da distinção “Região de Coimbra é Região Europeia da Gastronomia 2021”, em parceria com os CTT – Correios de Portugal e o marketing Dott, visa apoiar negócio dos produtores de queijo DOP e de vinhos e licores, cujas vendas sofreram fortes quebras devido ao isolamento social voluntário e Estado de Emergência para proteção de pandemia Covid-19.

Covid-19 | Limitações à circulação entre os dias 1 e 3 de maio de 2020

O Governo aprovou, em 30 de abril de 2020, o Decreto n.º 2-D/2020, que regulamenta o estado de emergência e o estado de calamidade para o período entre 1 e 3 de maio de 2020.

Com o intuito de conter a transmissão do vírus e da expansão da doença COVID-19, os cidadãos não podem circular para fora do concelho de residência habitual no período compreendido entre as 00:00 h do dia 1 de maio de 2020 e as 23:59 h do dia 3 de maio de 2020, salvo por motivos de saúde ou por outros motivos de urgência imperiosa.

Esta restrição não se aplica:

  • Aos profissionais de saúde e outros trabalhadores de instituições de saúde e de apoio social;
  • Aos agentes de proteção civil, às forças e serviços de segurança, militares, militarizados e pessoal civil das Forças Armadas e aos inspetores da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica;
  • Aos titulares de cargos políticos, magistrados e dirigentes dos parceiros sociais e dos partidos políticos representados na Assembleia da República;
  • Aos ministros de culto, mediante credenciação pelos órgãos competentes da respetiva igreja ou comunidade religiosa;
  • Ao pessoal de apoio dos órgãos de soberania e dos partidos com representação parlamentar, desde que comprovado o respetivo vínculo profissional através de cartão de trabalhador ou outro documento idóneo;
  • Às deslocações para efeitos de atividades profissionais ou equiparadas, desde que munidos de uma declaração da entidade empregadora que ateste que se encontram no desempenho das respetivas atividades profissionais.

 

 

Comemoração do 46.º aniversário do 25 de Abril de 1974 em Celorico da Beira

Este ano, e devido ao atual contexto de emergência nacional provocado pela pandemia da COVID-19, não se realizou a tradicional homenagem.

Hasteadas as bandeiras, o Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Carlos Ascensão e a Presidente da Assembleia Municipal, Denise Fragona em representação do município, depositaram uma coroa de cravos junto à estátua do soldado de abril, no jardim de Santa Eufémia e prestaram a devida homenagem, aos militares/soldados promotores da revolução que alargou os horizontes ao povo português e lhes devolveu a capacidade de viver e sonhar em liberdade.

O 25 de abril é muito mais do que assinalar um feriado no calendário. É manter viva uma memória, um símbolo, um marco na nossa história coletiva, uma importante conquista de valores como o uso das liberdades, a igualdade de acesso às oportunidades e a democracia participada e plural.

Covid-19 | Município de Celorico da Beira propõe-se aplicar 16 medidas de apoio às famílias, instituições e empresas

Na sequência da qualificação pela Organização Mundial de Saúde, da emergência de saúde pública ocasionada pela doença COVID-19, como uma pandemia internacional;

Considerando que a crise sanitária constitui uma calamidade pública, o Presidente da República declarou o estado de emergência no passado dia 18 de março, tendo esta declaração sido renovada até ao dia 2 de maio;

Considerando que a execução desta renovação do estado de emergência deve ser adequada ao momento atual e à nova fase da mitigação em curso, sem ignorar os efeitos sociais e económicos que o recolhimento geral necessariamente implica;

Considerando que é responsabilidade do Município dar uma resposta imediata às dificuldades provocadas pelo isolamento geográfico a que os celoricenses estão obrigados;

Considerando que o confinamento das pessoas causou uma diminuição de rendimentos das famílias e afetou o normal funcionamento da atividade económica dos agentes locais;

Considerando a natureza e a urgência das medidas exigidas para enfrentar a questão de saúde pública, o Executivo Municipal propõe-se aplicar um conjunto de medidas de apoio, com efeitos retroativos a 1 de abril:

  1. Cafés e Restaurantes: Isenção do pagamento de água e resíduos sólidos durante o período de encerramento;
  2. IPSS: Isenção de pagamento de água e resíduos sólidos;
  3. Creches: Isenção de água e resíduos sólidos;
  4. Empresas locais/bolsa de empresários locais: Isenção de pagamento de água e resíduos sólidos;
  5. Isenção de taxas municipais (esplanadas, publicidade) respeitantes ao ano 2020;
  6. Isenção do pagamento de rendas nos espaços comerciais que são propriedade da Câmara Municipal durante o período de encerramento;
  7. Redução do preço por m2 nos lotes da zona industrial A25, para fomentar o investimento e criação de postos de trabalho, com efeitos retroativos;
  8. Fornecimento de alimentos/medicamentos para os casos, manifestamente, comprovados, em articulação com a Segurança Social;
  9. Apoio escolar para os alunos mais carenciados: Oferta de Internet para alunos carenciados privados de rede, transporte para os alunos do secundário residentes nas aldeias em articulação com o Agrupamento de Escolas;
  10. Oferta de EPI´s a IPSS e Centros de Dia, Bombeiros, GNR, Centro de Saúde e outros;
  11. Oferta de máscaras de proteção às famílias;
  12. Apoio aos Agricultores/Pastores no escoamento dos seus produtos. Feiras e mercados virtuais e outros (iniciativa “Alimente quem o alimenta”).
  13. Apoio aos Produtores de Queijo: Oferta de armazenamento do queijo em sistema de frio;
  14. Produtores Queijo DOP: promoção da Feira do Queijo DOP, uma iniciativa conjunta dos Correios de Portugal, do Dott e da Comunidade Intermunicipal (CIM da Região de Coimbra), à qual, o Solar do Queijo de Celorico da Beira se associou para auxiliar os produtores de queijo Serra da Estrela DOP a escoar os seus stocks;
  15. Compromisso de apoio a definir, em tempo próprio, a todos os comerciantes que encerram os seus estabelecimentos, em função das necessidades próprias e dos recursos disponíveis do Município;
  16. Apoio Social aos desempregados resultantes desta pandemia, em articulação com o Centro de Emprego e a Segurança Social.

 

Tratando-se de um processo dinâmico, o Município estará atento e disponível para adotar outras medidas que venham a ser necessárias e possíveis.

 

Procedimento concursal de recrutamento para ocupação de 1 (um) posto de trabalho a termo incerto para a categoria de Técnico Superior

A Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha (ADIRAM) pretende recrutar para preenchimento de 1 posto de trabalho na categoria de técnico superior, em regime de contrato de trabalho a termo incerto,  para integrar a estrutura técnica da operação Aldeias de Montanha- Ecossistema Criativo e Comunitário, integrada no Eixo Experimentação Aldeias do Conhecimento enquadrada na Estratégia de Eficiência Coletiva (EEC) PROVERE iNature – Turismo Sustentável em Áreas Classificadas, cofinanciado ao abrigo do Programa PROVERE, no âmbito do Centro 2020, Portugal 2020 e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Todas as informações em detalhe poderão ser consultadas no documento aqui disponibilizado.

Acessibilidade e Mobilidade para Todos – Ações de Sensibilização

As Aldeias Históricas de Portugal promovem durante o mês de março Ações de Sensibilização em “Acessibilidade e Mobilidade para Todos”, no âmbito da execução do VALORIZAR – Programa de Apoio à Valorização e Qualificação do Destino. Estas ações são uma importante abordagem para que se formem os principais intervenientes, públicos e privados, sobre a legislação, as políticas e as ações estratégicas a ter em conta para o desenvolvimento de territórios para Todos.

Assim, numa abordagem 360º, pretende-se desenvolver estas ações de sensibilização enquadrando todos os agentes locais com o intuito de cimentar uma melhor qualidade de vida a todos os que residem, os que trabalham e os que visitam, independentemente das suas capacidades de locomoção, abolindo barreiras e projetando soluções para a construção de um território mais democrático.

Sendo um programa de natureza multidisciplinar, abordará o espaço público, equipamentos públicos, transportes, design, comunicação e infoacessibilidade de forma a abolir o maior número de barreiras arquitetónicas, urbanísticas e psicológicas, mas também a disseminação de boas práticas neste âmbito no que respeita ao acolhimento do visitante.

As Ações de Sensibilização destinam-se a: Operadores das áreas da Restauração, Alojamento, Comércio, Animação Turística, Gabinetes Locais de Engenharia e Arquitetura, Empreiteiros, entre outros.

As inscrições são formalizadas através de ficha individual, a qual deverá ser remetida para as Aldeias Históricas de Portugal (tatiana.saraiva@aldeiashistoricasdeporugal.com) com a antecedência de 3 dias úteis antes do início da ação, devidamente preenchida, a fim da realização de todas as peças do DTP – Dossier Técnico Pedagógico, que acompanhará a ação, bem como da produção de meios a distribuir aos participantes.

Para mais esclarecimentos: Telefone: 275 913 395

Hospital Sousa Martins ativado como Unidade de Segunda Linha para a contenção da infeção pelo Covid-19

O Hospital Sousa Martins da ULS da Guarda faz parte do grupo de 5 hospitais nacionais referência de «segunda linha» para a contenção da infeção pelo Covid-19.

Até à data apenas estavam ativados como hospitais de referência para estes casos o Curry Cabral e o Dona Estefânia em Lisboa e o São João no Porto.

Além destas três unidades, passam agora a estar disponíveis para o estudo de casos suspeitos e tratamento dos infetados, os hospitais de Santa Maria e S. José em Lisboa, Santo António no Porto, o Hospital Pediátrico de Coimbra e o Hospital Sousa Martins da ULS da Guarda.

O Hospital Sousa Martins foi indicado atendendo às condições adequadas de instalações, equipamentos existentes no denominado Pavilhão Novo, à capacitação do seu Laboratório de Patologia Clínica e ao reconhecimento da competência técnica e profissionalismo dos seus recursos humanos.

Uma equipa multidisciplinar dedicada a esta situação e coordenada pelo Senhor Diretor do Serviço de Pneumologia encontra-se já em plenas funções para que o Hospital Sousa Martins dê a sua melhor resposta nesta obrigação nacional.

A ULS da Guarda apela a que todos os utentes continuem a cumprir as boas práticas de higiene pessoal e dos espaços físicos e que, em caso de necessidade, antes de recorrerem a uma Unidade de Saúde se informem junto da Linha de Saúde 24 através do 808 24 24 24.

Informações adicionais em: https://www.youtube.com/watch?v=MJmWJyWywIU&feature=youtu.be

Só com o esforço de todos será possível minimizar os efeitos negativos desta atual infeção.

 

Mais de 15 mil visitas na 41.ª Feira do Queijo de Celorico da Beira

Mais de 15 mil visitantes, passaram pelo recinto da 41.ª Feira do Queijo de Celorico da Beira. Durante três dias, a tradição aliou-se à inovação e o queijo de ovelha e os seus produtores foram os reis da festa. Num espaço de cerca de 3 mil metros quadrados, o certame reuniu 20 produtores de Queijo Serra da Estrela e queijo de ovelha curado e mais de uma centena de expositores, entre artesanato, enchidos e vinhos, uma feira que nestes três últimos anos tem crescido exponencialmente não só ao nível de espaço, conforto, segurança, como também ao nível de qualidade, de expositores e visitantes desta mostra de produtos locais e regionais.

A inauguração do certame aconteceu no primeiro dia e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Carlos Ascensão e restante executivo, da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, do administrador delegado da EDP Renováveis Portugal, António Lobo Gonçalves, da presidente da CCDRC, Isabel Damasceno entre muitas outras entidades.

Para os apreciadores deste produto endógeno da Serra da Estrela, tanto amanteigado ou mais duro, a escolha não foi fácil, aqui puderam provar e comprovar a qualidade do queijo de Celorico da Beira. Desde o produtor mais novo ao menos novo, todos puderam comercializar o seu produto, promovendo assim a atividade do setor, dando oportunidade ao visitante de comprar e degustar o que de melhor se faz no concelho e na região.

O queijo foi apenas o mote para visitar Celorico da Beira. Artesanato, gastronomia, animação musical, animação de rua, showcookings, caminhada, concertos entre muitas outras atividades marcaram os 41 anos da Feira do Queijo de Celorico da Beira. A festa é do queijo mas aqui há mais produtos locais para provar, desde os enchidos, ao pão, vinho, azeite e mel.

Além de todas estas iniciativas que decorrem durante a Feira do Queijo, a Câmara Municipal de Celorico da Beira e a Resiestrela implementaram, durante ao certame, uma campanha ecologista “ECOEVENTO” que contou com a ajuda de uma brigada constituída por escuteiros e alunos de uma turma do 12º ano da Escola EB 2,3 Sacadura Cabral que incentivaram e encaminharam as pessoas para a deposição dos resíduos nos ecopontos, colocados em pontos estratégicos no mercado municipal. Da deposição seletiva dos resíduos produzidos durante os 3 dias da feira resultou uma receita, a atribuir pela Resiestrela, que reverterá a favor da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Celorico da Beira.

A juntar a animação musical com pifaradas, concertinas e ranchos, provas de vinhos comentadas, a noite de sexta feira e sábado, foi preenchida com djs, com o concerto dos Quinta do Bill, um dos mais conceituados grupos de folk rock português e o artista de música popular José Malhoa, que trouxeram à tenda dos concertos milhares de pessoas.

Além de toda esta mostra de saberes e sabores, a 41.ª Feira do Queijo, terminou com o programa da TVI “Somos Portugal”, emitido em direto de Celorico da Beira que liderou as audiências, sendo a edição mais vista do ano.

Se não teve oportunidade de visitar a 41.ª Feira do Queijo de Celorico da Beira, e provar o melhor queijo do mundo, visite-nos na próxima edição em 2021.

 

Coronavírus (2019-nCoV)

A epidemia pelo coronavírus (2019-nCoV), surgiu na China e neste momento está a alastrar pelos quatro cantos do mundo. Na Europa o número de casos está avolumar-se registando-se já vítimas mortais em Itália e França. Em Portugal, o número de casos suspeitos têm vindo a aumentar nos últimos dias, felizmente, todos com resultados negativos.

De acordo com a Direção Geral da Saúde (DGS), o risco para a saúde pública em Portugal é “considerado moderado a elevado”. Divulga no seu site, um conjunto de respostas acerca do novo Coronavírus (2019-nCoV), escrito em três línguas – português, inglês e mandarim – e alerta e informa a população sobre os procedimentos e recomendações que deve adotar, com vista a evitar o contágio e a propagação do vírus, a saber:

  • Lave frequentemente as mãos, com água e sabão, esfregando-as bem durante pelo menos 20 segundos;
  • Reforce a lavagem das mãos antes e após a preparação de alimentos, após o uso da casa de banho e sempre que as mãos lhe pareçam sujas;
  • Pode também usar em alternativa, para higiene das mãos, uma solução à base de álcool;
  • Use lenços de papel (de utilização única) para se assoar;
  • Deite os lenços usados num caixote do lixo e lave de seguida as mãos;
  • Tussa ou espirre para o braço com o cotovelo fletido, e não para as mãos;
  • Evite tocar nos olhos, no nariz e na boca com as mãos sujas ou contaminadas com secreções respiratórias.

Mais alerta:

– Se regressou recentemente da China ou de outra área afetada, ou contactou com um doente infetado, deve ligar para a Linha Saúde 24 (808 24 24 24) e informar sobre a sua viagem recente;

– O doente pode apresentar sintomas semelhantes a uma gripe comum;

– Os sintomas associados à infeção causada pelo coronavírus são mais intensos do que uma gripe e incluem febre, dor, mal-estar geral e dificuldades respiratórias, como falta de ar;

– Em casos mais graves pode levar a pneumonia grave com insuficiência respiratória aguda, falência renal e de outros órgãos e eventual morte.

– Apesar de ainda não existir cura ou vacina, os cuidados médicos podem ajudar o sistema imunitário dos doentes a combater o vírus.

Operação Floresta Segura20 | Ação de Sensibilização

No âmbito da operação “Floresta Segura 2020”, a Câmara Municipal de Celorico da Beira em parceria com o Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) e a Guarda Nacional Republicana (GNR), irá promover ações de sensibilização nas freguesias do Concelho definidas como prioritárias.

Com a realização destas ações pretende-se esclarecer e alertar a população em relação à obrigatoriedade de execução das limpezas previstas na lei nº 124/2006, de 28 de junho, na sua atual redação, bem como em relação ao uso de uso do fogo em queimas e queimadas, à limpeza e remoção de matos, à manutenção das faixas de gestão de combustível e à adoção de medidas de proteção dos aglomerados e de autoproteção.

Aceda à tabela para consultar a calendarização das ações de sensibilização.

 

Projeto de Inovação | Processo de Valorização da Rede das Aldeias Históricas de Portugal | Sessão de Debate em Linhares da Beira 06 de março

A Aldeias Históricas de Portugal – Associação de Desenvolvimento Turístico (AHP-ADT), em parceria com os Municípios da Rede, encontra-se a desenvolver um trabalho de levantamento e caracterização das 12 Aldeias Históricas de Portugal, cuja iniciativa integrará também um conjunto de sessões dirigidas às comunidades das Aldeias.

Estas sessões têm como objetivo recolher dos cidadãos das Aldeias Históricas, o seu conhecimento sobre a transformação urbana verificada, a sua perceção sobre o que distingue e torna a sua aldeia única, as preocupações e anseios em relação ao seu desenvolvimento, as propostas do que poderia ser feito para preservar, valorizar e melhorar a qualidade de vida na Aldeia. O que é uma Aldeia Histórica de Portugal e como é viver nestes locais, são os motes deste momento informal de partilha.

A sessão de debate dirigida a todos os cidadãos da Aldeia Histórica de Linhares da Beira e dos que nela veem um potencial de desenvolvimento estratégico, decorre no dia 6 de março, pelas 18h00, na sede da Junta de Freguesia.