Covid-19 | Funcionamento do cemitério municipal nos dias 31 de outubro e 1 de novembro de 2020

No âmbito da declaração da situação de calamidade decretada pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 88-A/2020, de 14 de outubro, a Câmara Municipal de Celorico da Beira determina através do Aviso N.º 46/2020, que o Cemitério Municipal manter-se-á aberto no fim de semana de Todos os Santos (31 de outubro e 1 de novembro), no horário compreendido entre as 8:00 horas e as 17:00 horas.

 

Por forma a garantir uma melhor proteção da saúde pública e a salvaguarda da segurança da população, de forma a mitigar o contágio e a propagação do vírus SARS-CoV-2 e da doença COVID-19, devem ser observadas as seguintes regras excecionais de acesso e permanência no cemitério municipal:

  • É obrigatória a utilização de máscara no interior do cemitério;
  • À entrada do cemitério é obrigatória a desinfeção das mãos;
  • O arranjo de cada campa deverá ser realizado por 2 pessoas no máximo;
  • É obrigatório manter a distância física 2 metros e cumprir as regras de etiqueta respiratória;
  • É proibido partilhar materiais de limpeza (vassouras, baldes, etc.), sendo que cada pessoa deverá utilizar os seus;
  • Permanência no local será pelo tempo estritamente necessário, com a duração máxima de 30 minutos;
  • São proibidos ajuntamentos de pessoas no interior do cemitério;
  • À entrada do cemitério, durante a espera, é obrigatório manter o distanciamento físico;
  • O Município prestará apoio no controlo dos acessos, por forma a evitar aglomerados no interior do cemitério.

 

Campanha “O Futuro do Planeta Não é Reciclável”

O grupo EGF, líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal, lança a campanha “O Futuro do Planeta Não é Reciclável”, com o intuito de acordar a consciência dos cidadãos, forçando-os a agir para salvar o planeta, através da adoção de comportamentos e atitudes mais responsáveis e pró ambientalistas.

 

A campanha conta com um filme publicitário realizado por Rúben Alves, autor de “A Gaiola Dourada” para apelar à prevenção, reutilização e reciclagem de resíduos urbanos.

 

“O Futuro do Planeta Não é Reciclável”, é a maior campanha de sensibilização ambiental alguma vez desenvolvida em Portugal com fundos europeus. Promovida pelo grupo EGF, que integra a Resiestrela, empresa que presta serviço no município de Celorico da Beira, visa instigar a sociedade portuguesa a adotar comportamentos mais sustentáveis e a reciclar tudo, sempre e, em todo o lado.

 

Cada vez mais, somos confrontados com tragédias ambientais, que ocorrem um pouco por todo o mundo, que nos chocam e nos abanam. Não podemos ficar indiferentes, temos que agir rapidamente: mudar comportamentos e atitudes, reciclar e reduzir o consumo, sob pena de condenarmos a Humanidade e o planeta Terra à extinção, uma vez que “O Futuro do Planeta Não é Reciclável”.

 

Para mais informações sobre a campanha:

Facebook oficial da iniciativa 

Facebook Resiestrela

ou através de https://www.facebook.com/ofuturodoplanetanaoereciclavel/videos/264502991457466

 

 

Covid-19 | Governo declara situação de calamidade em todo o território nacional até 31 de outubro de 2020

Face ao agravamento da crise epidemiológica no país e, na tentativa de travar o aumento exponencial de infeções pelo novo coronavírus, o Governo determinou na reunião do Conselho de Ministros de hoje, 14 de outubro, que Portugal entra em situação de calamidade, a partir das 00h00 de dia 15 de outubro.

 

Em consequência, entram em vigor uma série de novas medidas para controlar a propagação da pandemia, a saber:

  • Recomendação de uso da máscara na rua, em situação de proximidade a outras pessoas;
  • Proibição de ajuntamentos na via pública de mais de 5 pessoas. Limitação aplica-se também a espaços comerciais e de restauração;
  • Limitação a máximo de 50 pessoas em eventos de natureza familiar como casamentos e batizados;
  • Proibição de festejos académicos e atividades de caráter não letivo;
  • Reforço das ações de fiscalização das forças de segurança e ASAE;
  • Agravamento até 10 mil euros das coimas aos estabelecimentos que não cumpram regras de lotação e distanciamento;
  • Recomendação do uso da aplicação StayAway Covid;
  • Governo pode aplicar medidas de restrição à circulação sempre que necessário.

 

Para mais informações aceda a portugal.gov.pt

 

Prorrogação até 31 de dezembro de 2020 das medidas extraordinárias de apoio às famílias e agentes económicos do concelho

Câmara Municipal de Celorico da Beira decidiu alargar até 31 de dezembro de 2020 o prazo de aplicação de medidas extraordinárias de apoio às famílias e agentes económicos do concelho.

É preciso estar na 1.ª linha de apoio, na área social e económica, quando se trata de ajudar as famílias e as empresas locais a superar as dificuldades que se têm vivido nestes meses de crise sanitária.

Considerando que é responsabilidade do Município dar uma resposta material às dificuldades provocadas pela exposição ao longo período de emergência e contingência;

Considerando que o confinamento das pessoas causou uma diminuição de rendimentos das famílias e que as atuais medidas de contingência continuam a afetar o normal funcionamento da atividade económica dos agentes locais;

O Executivo Municipal aprovou prolongar até 31 de dezembro os apoios necessários:

  • Cafés e Restaurantes: Isenção do pagamento de água e resíduos sólidos durante o período de encerramento;
  • IPSS: Isenção de pagamento de água e resíduos sólidos;
  • Creches: Isenção de água e resíduos sólidos;
  • Empresas locais/bolsa de empresários locais: Isenção de pagamento de água e resíduos sólidos;
  • Isenção de taxas municipais (esplanadas, publicidade) respeitantes ao ano 2020;
  • Isenção do pagamento de rendas nos espaços comerciais que são propriedade da Câmara Municipal durante o período de encerramento;
  • Redução do preço por m2 nos lotes da zona industrial A25, para fomentar o investimento e criação de postos de trabalho, com efeitos retroativos;
  • Fornecimento de alimentos/medicamentos para os casos, manifestamente, comprovados, em articulação com a Segurança Social;
  • Apoio escolar para os alunos mais carenciados: Oferta de Internet para alunos carenciados privados de rede, transporte para os alunos do secundário residentes nas aldeias em articulação com o Agrupamento de Escolas;
  • Oferta de EPI´s a IPSS e Centros de Dia, Bombeiros, GNR, Centro de Saúde e outros;
  • Oferta de máscaras de proteção às famílias;
  • Apoio aos Agricultores/Pastores no escoamento dos seus produtos. Feiras e mercados virtuais e outros (iniciativa “Alimente quem o alimenta”);
  • Apoio aos Produtores de Queijo: Oferta de armazenamento do queijo em sistema de frio;
  • Produtores Queijo DOP: promoção da Feira do Queijo DOP, uma iniciativa conjunta dos Correios de Portugal, do Dott e da Comunidade Intermunicipal (CIM da Região de Coimbra), à qual, o Solar do Queijo de Celorico da Beira se associou para auxiliar os produtores de queijo Serra da Estrela DOP a escoar os seus stocks;
  • Compromisso de apoio a definir, em tempo próprio, a todos os comerciantes que encerram os seus estabelecimentos, em função das necessidades próprias e dos recursos disponíveis do Município;
  • Apoio Social aos desempregados resultantes desta pandemia, em articulação com o Centro de Emprego e a Segurança Social.

Prémio Nacional da Paisagem 2020 | Concurso aberto

Está a decorrer, até ao próximo dia 31 de outubro, o prazo para apresentação de candidaturas à 3.ª edição do Prémio Nacional da Paisagem 2020.

 

Promovido pelo Ministério do Ambiente e da Ação Climática, através da Direção Geral do Território, o Prémio Nacional da Paisagem, consiste numa distinção honorífica, que tem o propósito de reconhecer, distinguir e dar visibilidade a medidas, projetos ou ações levadas a cabo pelas autarquias locais ou suas associações, pelas comunidades intermunicipais, áreas metropolitanas, organizações não-governamentais e pelas regiões autónomas, que tenham contribuído para um desenvolvimento territorial mais sustentável, para a promoção e sensibilização dos cidadãos para a importância da paisagem na qualidade de vida.

 

As candidaturas podem ser submetidas online no portal da Direção-Geral do Território, até às 23H59 do dia 31 de outubro, em https://premiopaisagem.dgterritorio.gov.pt/premio-2020. Opcionalmente, pode enviar por correio para esta entidade, uma cópia do projeto em suporte de papel, devendo a data de expedição estar dentro do prazo limite para receção das candidaturas ou entregá-la em mãos, nas instalações da DGT, até ao dia 31 de outubro, durante o horário de expediente.

 

Das candidaturas apresentadas sairá o projeto vencedor que irá representar Portugal no concurso para atribuição do Prémio da Paisagem do Conselho da Europa.

 

Não serão considerados para este efeito, os projetos apresentados por organismos da Administração do Estado, por não serem elegíveis.

 

Ação Formativa “Escola de Queijeiros” | Candidaturas até 2 de outubro de 2020

A Inovcluster – Associação do Cluster Agro-industrial do Centro vai dar início no próximo dia 26 de outubro à ação formativa “Escola de Queijeiros”, uma iniciativa direcionada especificamente para a produção de queijo com Denominação de Origem Protegida (DOP), com as candidaturas a poderem ser feitas até ao próximo dia 2 de outubro através do seguinte link: https://forms.gle/dtseaSpHP3mBqiTs5

 

Integrada no projeto  Programa de Valorização da Fileira dos queijos da Região Centro, cofinanciado pelo Programa Operacional Centro 2020, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, a ação Formativa “Escola de Queijeiros” visa a capacitação para o conhecimento das principais técnicas de produção de queijo com Denominação de Origem Protegida (D.O.P.), de acordo com as especificidades das Regiões D.O.P da Serra da Estrela, Beira Baixa e Rabaçal.

 

Com 20 vagas disponíveis e uma carga horária de 80 horas, 40 das quais destinadas à componente teórica, o curso decorrerá nas Escolas Superiores Agrárias de Castelo Branco e Viseu, em horário laboral.

 

As 40 horas restantes estão destinadas à componente prática a realizar em queijarias da região Centro com fabrico de queijo com DOP.

 

Informações adicionais disponíveis em inovcluter.pt

Museu do Agricultor e do Queijo

Hoje, este local é memória de velhos tempos, tempos que passaram pelas gentes laboriosas de Celorico da Beira, que fizeram da agricultura e da pastorícia o seu principal modo de vida. Um acervo reunido com mais de duas mil peças, que vai crescendo a cada ano que passa, assim, nasceu o Museu do Agricultor e do Queijo em novembro de 2002, numa antiga quinta agrícola, que a Câmara Municipal recuperou, com o objetivo de transmitir com total veracidade a realidade deste concelho.

Jornadas Europeias do Património 2020 | Celorico da Beira | Sessões do dia 27 de setembro

O programa das Jornadas Europeias do Património 2020, contou no seu terceiro e último dia, com duas iniciativas na Torre do Castelo de Celorico da Beira.

Transmitidas para um público online em direto, as sessões encontram-se aqui disponíveis para visualização.

Sessão – Marca Livros “Henrique, O Infante”, de João Paulo Oliveira e Costa
Apresentação: Margarida Amaro
Oradores: Lia Nunes e João Paulo Oliveira e Costa

Sessão – Reunião Introdutória à proposta de promoção da Rota do Infante
Apresentação: Presidente da Câmara Municipal, Carlos Ascensão

Participantes: João Paulo Oliveira e Costa, José Alexandre Martins, Carlos Fontes & Pedro Januário com representantes dos municípios de Viseu, Covilhã, Guarda, Tondela, Lamego, Seia, São Pedro do Sul, Castro Daire, Nelas, Gouveia, Satão, Oliveira de Frades, Vouzela, Idanha-a-Nova, Penalva do Castelo, Belmonte, Oleiros, Aguiar da Beira, Fornos de Algodres e Tarouca.

Jornadas Europeias do Património 2020 | Celorico da Beira | Sessões do dia 25 de setembro

Assista ou reveja as sessões das Jornadas Europeias do Património 2020, que hoje decorreram na Biblioteca Municipal de Celorico da Beira.

 

Sessão 1 – Conversas para Memória Futura: “O que podemos aprender com os nossos arquivos locais?”

Apresentação: Tiago Silva;

Oradores: Levi Coelho e Cíntia Fonseca.

 

Sessão 2 – Apresentação Pública do Núcleo de Interpretação Comunitária de Memória e Património

Abertura: Presidente da Câmara Municipal, Carlos Ascensão;

Oradores: Lia Nunes, Inês Lopes e Cintia Fonseca.

Jornadas Europeias do Património 2020 | Biblioteca Municipal de Celorico da Beira | 25 de setembro

A Câmara Municipal de Celorico da Beira associou-se às celebrações das Jornadas Europeias do Património 2020 e durante 3 dias vai realizar atividades direcionadas para um público online, sob o lema “Património e Educação”.

As comemorações das jornadas iniciaram-se nesta sexta-feira de manhã, na Biblioteca Municipal de Celorico da Beira, com a sessão: “Conversas para Memória Futura – O que podemos aprender com os nossos arquivos locais?” com os oradores: Dr. Levi Coelho e Cíntia Fonseca.

Já no período da tarde, a sessão foi dedicada ao Núcleo de Interpretação Comunitária de Memória e Património onde esteve presente o Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Carlos Ascensão e apresentada por Lia Nunes, Inês Lopes e Cíntia Fonseca.

A iniciativa tem o propósito de alertar e sensibilizar a população para a interferência e interconexão existente no binómio património/educação, bem como, para a riqueza e complexidade desta relação, passíveis de testemunhar na literatura, nos monumentos, na dança, no teatro, na música, nos museus, etc…

Covid-19 | App StayAway Covid | Proteja-se a si e aos outros

Desenvolvida pelo Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência, a app StayAway Covid, lançada pelo Governo, pretende identificar potenciais exposições a pessoas infetadas com COVID-19, e assim conter a expansão da pandemia.

Disponível para download em iOS e Android, a app pode ser descarregada a partir da App Store e da Google Play de forma voluntária, gratuita, anónima e segura.

A app StayAway Covid funciona de forma simples. Cada utilizador que tenha testado positivo poderá inserir o código do teste na app. Depois da validação da Direção-Geral da Saúde (DGS), a aplicação irá alertar outros utilizadores que tenham estado próximos do utilizador infetado, durante 15 minutos ou mais, sempre sem revelar a sua identidade, os seus contactos ou os de outros utilizadores.

Quando não há registo de contactos de proximidade com elevado risco de contágio, a página inicial da app apresenta uma cor verde que mudará para o estado amarelo sempre que o utilizador tenha estado próximo de alguém a quem foi diagnosticada COVID-19.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) é a entidade responsável por gerir o sistema e garantir que o tratamento de dados respeita a legislação europeia e nacional.

 

Covid-19 | Orientações para o ano letivo 2020-2021

Com o início do novo ano letivo, que terá lugar entre 14 e 17 de setembro, é importante informar e sensibilizar toda a comunidade educativa para o cumprimento das orientações conjuntas da DGEstE, da Direção-Geral da Educação (DGE) e da Direção-Geral da Saúde (DGS), com o propósito de salvaguardar a retoma das atividades letivas e não letivas em condições de segurança, garantindo o direito de todos à educação no ano letivo 2020/2021.

 

Para um regresso diferente, mas em segurança, aplicam-se ao Ensino Pré-Escolar e 1.º Ciclo as seguintes regras:

1. Lavar muitas vezes as mãos, com água e sabão;
2. Mesmo com as mãos limpas, não devem tocar na boca, nariz e olhos;
3. Quando tossirem e espirrarem, tapem a boca e o nariz com o braço;
4. Se estiverem tristes ou zangados, não tenham medo de dizer;
5. Se sentirem dores de cabeça, muito quentes ou cansados também devem contar.

 

Para os Ensinos Básico e Secundário as regras são as seguintes:

1. Circular pelos percursos assinalados;
2. Cumprir as regras dos intervalos e dos recreios;
3. A biblioteca, o refeitório e o bar têm regras novas;
4. As salas de aulas podem estar diferentes e os horários também;
5. Usar sempre máscara;
6. Desinfetar e lavar as mãos muitas vezes;
7. Evitar tocar em superfícies;
8. Não partilhar objetos, nem comida;
9. Abraços e beijinhos ficam para outra altura.

 

 

“Era uma vez em 1169” animou Linhares da Beira

“Era uma vez em 1169”, este foi o mote da edição de 2020 do ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” que decorreu em Linhares da Beira promovido pela Associação de Desenvolvimento Turístico Aldeias Históricas de Portugal e pelo Município de Celorico da Beira.

Este ano, devido à pandemia de Covid-19, só foi sentido e vivido à distância, através de um computador, smartphone ou tablet. Na realidade, foi transmitido, em ‘live streaming´.

Um showcooking com produtos autóctones da região protagonizado por Tiago Bonito (chef estrela Michelin), e ao anoitecer, num cenário medieval, um concerto dos The Legendary Tigerman “One Man Band” no majestoso e lendário castelo da aldeia, logo seguido de uma curta metragem com alguns momentos e lendas marcantes da história de Linhares da Beira e das origens de Portugal.

A edição de 2020 do ciclo de espetáculos “12 em Rede” – Aldeias em Festa começou a 6 de setembro, em Castelo Rodrigo, e vai percorrer as 12 Aldeias Históricas de Portugal, terminando a 7 de novembro, em Monsanto.

Ciclo “12 em Rede” 2020 | Aldeia Histórica de Linhares da Beira | Estreia do filme “Era uma vez em 1169…”

Quando o foral de Linhares é roubado, Dinis fica retido no passado. Enquanto tenta repor a História, irá cruzar-se com os mais emblemáticos personagens da aldeia: Dona Lopa tenta provar que a sua criada é a encarnação do mal, o Alcaide luta contra a sua própria natureza e Bernardo da Costa reclama a “sua” praça. Num lugar em que cada recanto esconde segredos e perigos, Dinis cruzará os séculos em defesa da sua missão. Conseguirá ele regressar a casa?

Assista ao vídeo da peça de teatro encenada “Era uma vez em 1169…”, sobre momentos e lendas marcantes da história de Linhares desde 1169 até aos dias de hoje.

 

“Era uma vez em 1169…” | Aldeia Histórica de Linhares da Beira

As mais míticas lendas e os momentos mais épicos da História da Aldeia Histórica de Linhares da Beira, desde 1169 até aos dias de hoje. Segredos de que as paredes empedradas e os recantos da Aldeia Histórica de Linhares da Beira são silenciosos testemunhas, para descobrir no próximo dia 12 de setembro, via streaming no site e Facebook do Município de Celorico da Beira, no Teatro de Rua: “Era uma vez em 1169…”, por ocasião do Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa”, na Aldeia Histórica de Linhares da Beira. Não perca!

Dia dos Avós

O Município de Celorico da Beira e a Biblioteca Municipal comemoram, hoje, dia 26 de julho, o Dia do Avós, com a atividade Hora do Conto, com o propósito de homenagear a relação afetiva, especial e singular, que une avós e netos.

 

A Hora do Conto, tem execução técnica do Gabinete de Comunicação e Relações Públicas e conta com a participação dos técnicos da Biblioteca para dar vida e emocionar-nos com os personagens (Manuel e Manuela), do livro “Avós”, da escritora Chema Heras, com belíssimas ilustrações a aguarela, de Rosa Osuna.

 

Através dos olhos de amor do casal de idosos, Manuel e Manuela, descobrimos que o belo não morre. Com o passar dos anos alteram-se os padrões, a beleza é encarada noutra perspetiva, com mais doçura, através do “olhar” do coração, dos afetos, dos sentimentos. É um texto poético que nos mostra todo o carinho que pode existir quando o corpo murcha e nos faz descobrir as vantagens de viver com um sorriso nos lábios.

 

 

Comunicado | Município cancela todos os eventos previstos para o verão e outono

O Município de Celorico da Beira informa os celoricenses, as comunidades de emigrantes e cidadãos em geral que nos visitam nesta altura do ano, que estão cancelados todos os eventos previstos para o verão e outono de 2020.
No comunicado, o Presidente da Câmara, Carlos Ascensão, considera que “não pode dar sinais contraditórios à sociedade, face ao desconhecimento da evolução da pandemia de covid-19. Neste tempo de incerteza e de imprevisibilidade, face ao desconhecimento da evolução da covid-19 e de uma eventual segunda vaga, o Município de Celorico da Beira, num sentido de prudência, responsabilidade e respeito pela vida não vai organizar os eventos que estavam previstos para o verão e outono.”

A situação de suspensão dos eventos será reavaliada, e poderá sofrer alterações em função das decisões emanadas pelas autoridades de saúde, pela DGS, e de acordo com os alertas da Proteção Civil Municipal.

Consulte o Comunicado na íntegra.

Prolongamento da Situação de Alerta | Risco Agravado de Incêndios Rurais

Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio rural, o Ministro da Administração Interna e o Ministro do Ambiente e da Ação Climática, através do Despacho n.º 7284/2020,  determinam o prolongamento da situação de alerta até às 23h59 do dia 21 de julho de 2020, para todos os distritos de Portugal Continental.

 

Declaração de Situação de Alerta | Risco agravado de incêndios florestais

Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio florestal, o Ministro da Administração Interna e o Ministro do Ambiente e da Ação Climática emitem Despacho que determina a Declaração de situação de alerta – Risco agravado de incêndios florestais, no período compreendido entre as 00h00 do dia 17 de julho e as 23h59 do dia 19 de julho de 2020, para todos os distritos de Portugal Continental.

Covid-19 | Webinars Vê Portugal ON | Selo “Clean & Safe”

No prosseguimento dos webinars temáticos “Vê Portugal ON” levados a cabo, pela Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal, desde o dia 14 de abril, vão realizar-se, de 20 a 22 de maio de 2020, seis videoconferências dedicadas ao processo de Certificação “Clean & Safe” do setor turístico do centro de Portugal.

Os seis webinars são dirigidos aos empresários da atividade turística, contam com a colaboração das associações do setor e, têm o propósito de abordar as ferramentas necessárias para que as empresas possam cumprir, com sucesso, os requisitos para a obtenção e manutenção do selo “Clean & Safe”, de forma que seja possível assegurar, o Centro de Portugal como um destino seguro.

As sessões “Clean & Safe” são as seguintes:

DATA | HORA

WEBINAR

COLABORAÇÃO

20 de maio – 10H00 Empreendimentos Turísticos AHP – Associação de Hotelaria de Portugal
20 de maio – 14H00

 

Alojamento Local ALEP – Associação de Alojamento Local
 

21 de maio – 10H00

 

Empresas de Animação Turística

APECATE – Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos
 

21 de maio – 14H00

Agências de Viagem e Turismo APAVT – Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo
 

22 de maio – 10H00

Restauração AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal
 

22 de maio – 14H00

 

Rent-a-Car

ARAC-Associação dos Industriais de Aluguer de Automóveis Sem Condutor

Cada videoconferência conta com a participação de um, ou vários especialistas convidados, e os participantes podem interpelá-los diretamente. As sessões são gratuitas mas com limite de participantes. Inscreva-se em: www.turismodocentro.pthttps://bit.ly/3bswT15.

Numa altura em que o país está a dar os primeiros passos para a retoma económica, na sequência da crise pandémica COVID-19, que afetou a economia e, muito particularmente o setor do turismo, uma das principais fontes de rendimento do país, a atribuição do selo de certificação “Clean & Safe” aos estabelecimentos turísticos, é extremamente importante para a revitalização do setor, porque constitui a garantia para os turistas, de que foram cumpridas todas as recomendações das autoridades de saúde para evitar a contaminação dos espaços com o SARS-CoV-2.