Castelo de Celorico recebeu 2.421 visitas

Durante o mês de Agosto, a grande maioria dos visitantes foram portugueses.

Durante o mês de Agosto, o Castelo de Celorico da Beira teve um total de 2.421 visitantes, dos quais 2.309 eram portugueses. Os restantes visitantes eram de nacionalidade espanhola, francesa, inglesa, holandesa, alemã, suiça, mexicana e belga.
 

Descarregue aqui a tabela relativa ao número de visitas.

 

Taça do Mundo de Parapente Despede-se de Portugal com “Obrigado e até breve!”

Linhares da Beira, 3ª e última etapa europeia antes da Super Final na Turquia sagra Lucas Bernardin (França) como vencedor, imediatamente seguido pelo português Cláudio Virgílio.
Bernardin conquista 1º Lugar depois de ultrapassar os portugueses “Manos Virgílio”
Lucas Bernardin, da França, foi o grande vencedor da Taça do Mundo de Parapente disputada, de 7 a 14 de Agosto, na Serra da Estrela, em Linhares da Beira.
Nas 3 mangas (voos) realizados, Lucas Bernardin chegou à meta em primeiro duas vezes, o que lhe valeu o triunfo final, sobre os restantes 113 pilotos da elite mundial do parapente (dos quais 6 eram portugueses). Todavia, para o assegurar teve que ultrapassar o par nacional competitivo constituído pelos irmãos Cláudio e Nuno Virgílio que, no final da 2ª manga, garantiam o 1º e 2º lugares, respectivamente.
Enquanto o recordista nacional de distância (248kms em 6h15m, entre Guarda e Vidigueira) Nuno Virgílio teve uma 3ª manga (que, devido aos fortes ventos registados de 5ª a Sábado, inviabilizando novos voos, se revelaria a última manga) desfavorável, caindo para o 14º lugar na classificação final, o seu irmão Cláudio aguentou um ritmo competitivo extremamente forte, alcançando um fantástico 2º lugar na geral, a apenas 110 pontos do vencedor (sendo que cada voo, vale até 1000 pontos, e que houve 3 voos nesta competição, verifica-se como o resultado foi extremamente renhido). O pódio completou-se com o francês Julien Wirtz, a 174 pontos do seu compatriota.
A França foi aliás, esmagadora, tendo sido a nação vencedora desta 3ª  e última etapa europeia da Taça do Mundo antes da Super Final, na Turquia. Este domínio francófono rompeu com o domínio italiano verificado na Taça do Mundo 2009 e reflectiu-se igualmente na vitória por equipas (16 fabricantes de asas presentes) em que as duas primeiras equipas (Ozone e Kortel) são gaulesas. Portugal, reflectindo a importância crescente da modalidade no nosso contexto desportivo, ficou em 6º lugar entre 46 nações participantes.
Portugal saiu-se igualmente bem na competição feminina, onde a sempiterna campeã nacional, Sílvia Ventura, esteve a um milímetro do pódio, chegando ao 4º lugar entre 11 senhoras inscritas, a 108 pontos da 3ª classificada, a russa Marina Olexina. Esta competição foi ganha pela estrela mundial do parapente feminino, a japonesa Seiko Fukuoka.
Todos os atletas e também todos os responsáveis pela entidade organizadora da Taça do Mundo (PWC, Paragliding World Cup) sublinharam o sucesso organizativo da WIND – Escolas Parapente Portugal, da Fundação Inatel e da autarquia de Celoricio da Beira, patente na forma perfeita como esta competição altamente exigente decorreu, bem como o nível competitivo de Linhares da Beira, que se afirma indiscutivelmente como a capital nacional e, crescentemente, uma das capitais europeias do Parapente, atraindo, ao longo do ano, cada vez mais pilotos e espectadores (e, consequentemente, valor económico) que acedem facilmente às soberbas descolagens que a Serra da Estrela oferece, como se comprova pela visita à descolagem de Linhares do Ministro dos Assuntos Parlamentares, Jorge Lacão.
Discurso Directo:
Coordenador Geral da Prova, Samuel Lopes
“Os objectivos de toda esta equipa, de todo este projecto, que nos propusemos atingir foram todos alcançados. Foram 3 eventos e 15 dias em grande: Festival Acrobático, Open Internacional e, finalmente, a Taça do Mundo. Os pilotos estão contentes, mencionam todos a capacidade organizativa que Portugal revelou num grande evento internacional. Prova disso é o facto de o Delegado Técnico da PWC ter revelado que, entre os 110 locais que receberam a Taça do Mundo, esta prova estar entre as cinco primeiras. Agora podemos acolher qualquer prova, a X Series, o Campeonato da Europa ou, até, o Campeonato do Mundo. O caminho está aberto, com estes parceiros (WIND, Inatel e Câmara de Celorico da Beira) para, nos próximos 3 a 4 anos, recebermos qualquer um dos maiores eventos de parapente mundiais.”
 
Delegado Técnico da PWC, Xavier Murillo
“Linhares foi uma aposta (da PWC) ganha. Tivemos uma organização [portuguesa) das melhores do mundo. Mesmo com a meteorologia que tivemos, em Linhares realizou-se uma boa média de voos, superior a muitas das provas nos Alpes. Todos os pilotos estão muito satisfeitos. A nível competitivo é um local excelente, com térmicas fortes e com possibilidade de se planearem voos de mais de 100 kms. O balanço é 100% positivo. Voltaremos. Não imediatamente, porque não costumamos repetir em anos sucessivos os mesmos locais, mas voltamos com regularidade aos melhores locais de voo e aos sítios onde a organização é muito boa, o que foi o caso. Podemos mesmo vir a fazer uma competição em Linhares e noutro sítio também com boas condições, como Montalegre.
 
Director de Prova; Fernando Amaral
“Linhares provou que tem condições competitivas (de voo) para consolidar a sua posição de capital nacional de parapente e como um destino excelente para o voo livre a nível europeu. A organização da Taça do Mundo reconheceu esta etapa como uma das melhores etapas da Taça do Mundo de sempre.”
 
Vencedor Taça do Mundo de Parapente de Linhares da Beira; Lucas Bernardin
“Mesmo com a meteorologia difícil tivemos muito boas condições de voo. Foram mangas rápidas, que exigiam decisões rápidas sob pena de pagar os erros eventualmente cometidos imediatamente e com elevado preço competitivo. Foi uma bela competição. Cláudio Virgílio atacava de uma forma extremamente impressionante e audaciosa, a voar só na frente. Honestamente foi uma das melhores etapas da Taça do Mundo deste ano, a organização estava impecável e é uma bela região para se voar.”
 
2º Classificado e Melhor Português; Cláudio Virgílio
“Foi pena o vento ter inviabilizado esta última manga, onde poderia ter hipóteses reais de alcançar o 1º lugar. Perdi a liderança da competição na 3ª manga, que acabou por ser a última, e já não houve tempo para a recuperar. Todavia, o 2º lugar na Taça do Mundo é uma conquista importantíssima na carreira desportiva de qualquer parapentista que se preze, o que faz com que esteja bastante satisfeito.”
 
Vencedora Feminina; Seiko Fukuoka
“Não foram mangas fáceis para mim, foram muito ventosas, mas foi excelente conseguir voar bem nestas condições. Aprendi imenso. Os fogos nesta região foram algo surpreendente, mas a beleza de voar a partir de uma aldeia histórica compensou largamente. É um lugar para repetir!”
 
4ª Classificada e Melhor Portuguesa, Sílvia Ventura
“Competir aqui em Linhares, entre os melhores do mundo foi Super. Foi bem acima das minhas expectativas, que já eram altas! Foi um prémio para 16 anos de dedicação a esta modalidade. Gostava imenso de ter tido possibilidade de ir ao pódio, mas o 4º lugar foi fantástico! Os 14 dias de férias que tirei para estar aqui a competir valeram a pena e mais qualquer coisa. Portugal provou que consegue estar a nível competitivo e organizativo ao nível dos melhores. Todos os dias recebemos elogios dos responsáveis da PWC. Provámos que podemos organizar qualquer evento da modalidade, por maior que seja.”

IV Encontro de Gerações

Evento tem lugar nos dias 1, 2, 3 de Outubro no Mercado Municipal de Celorico da Beira.

No âmbito do ano Europeu do Combate à Pobreza, esta iniciativa conta com a presença de distintos stands e com actuações musicais diversas, bem como com um desfile e uma mostra de jogos tradicionais.

Descarregue aqui o panfleto alusivo ao evento 

Inauguração da Sede do Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) de Casas do Soeiro

Foi frisado o papel fundamental que programas deste género têm para o desenvolvimento económico-social das regiões mais desfavorecidas do nosso país.

No dia 31 de Agosto, a Secretária de Estado da Igualdade Elza Pais, deslocou-se à Freguesia de Casas do Soeiro para inaugurar a Sede do CLDS da Associação Desportiva, Cultural e de Melhoramentos de Casas do Soeiro.
Na cerimónia, marcaram presença várias entidades (Director do Centro Distrital de Segurança Social da Guarda, Governador Civil do Distrito da Guarda e Autarcas) para além de algumas dezenas de populares que não quiseram deixar de se associar a esta cerimónia, com bastante significado para a Instituição, a Freguesia de Casas do Soeiro e para o Concelho de Celorico da Beira.
Nos discursos proferidos, foi tónica dominante que “a união faz a força” e com a união de várias sinergias (recorde-se que o Município de Celorico da Beira e o Centro Distrital de Segurança Social da Guarda são parceiros deste projecto), hoje esta obra é uma realidade e certamente muito irá contribuir para que o apoio aqueles que mais necessitam seja feito cada vez mais em crescendo.
A Presidente da Direcção da Associação Olga Marques, agradeceu a todos aqueles que neste ano e meio têm contribuído para o sucesso de todas as actividades que o CLDS das Casas do Soeiro tem vindo a levar a cabo.
Por sua vez, o Presidente do Município Celoricense José Monteiro agradeceu a presença da Secretária de Estado e congratulou-se pelo facto de o CLDS de Casas do Soeiro ter sido um parceiro privilegiado do Municipio em diversas actividades organizadas pelo Município (Encontro de Gerações, Comemorações do Dia da Criança, Festa do avós, etc.).
Já o Director do Centro Distrital de Segurança Social da Guarda no seu discurso agradeceu todo o apoio que o actual Governo tem dado ao distrito da Guarda, nomeadamente no que diz respeito aos apoios sociais. José Albano Marques revelou ainda em primeira mão a intenção do actual Governo em criar mais três Contratos Locais de Desenvolvimento Social no Distrito.
Elza Pais, dirigiu-se à vasta plateia para agradecer o amável convite para a inauguração deste equipamento Social, frisando as mais valias que programas deste género têm para o desenvolvimento económico-social das regiões mais desfavorecidas do nosso país.
No final foi visionado um filme dando conta de todas as actividades desenvolvidas pelo CLDS de Casas do Soeiro até à presente data.

III Festival da Castanha

O Município de Celorico da Beira promoveu a 7 de Novembro, a III edição do Festival da Castanha, na aldeia de Prados…

O Município de Celorico da Beira promoveu a 7 de Novembro, a III edição do Festival da Castanha, na aldeia de Prados. A iniciativa teve como objectivo promover produtos do Concelho, como a castanha e os cogumelos.
A Freguesia de Prados acolheu a Feira da Castanha com a abertura oficial pelas 09H00.
É de salientar na edição deste ano da presença de algumas IPSS`s do Concelho de Celorico da Beira, as quais se quiseram associar também na promoção e venda de produtos endógenos de qualidade, como forma de angariação de fundos para as instituições.
Pelas 10H00 foi realizada uma arruada com os Bombos do Baraçal, seguindo-se uma actuação do Grupo de Cavaquinhos “Selectos em Dó Menor”. Às 12H30 foi servido o almoço que incluiu a “sopa da castanha” e o “borrego castanho”.
O “Show Cooking Gourmet” teve início pelas 14H00, onde foram confeccionadas receitas com produtos autóctones, seguindo-se uma a apresentação de uma cozinha pedagógica para os mais pequenos intitulada “Uma Receita Simples”, onde se puderam deliciar com Gelado de Queijo Serra da Estrela com Praliné de Castanhas.
No final da tarde actuou o Grupo Folclórico do Ilhéu e o Grupo de Danças e Cantares de Lageosa do Mondego.
O programa incluiu ainda, muita animação de rua e jogos tradicionais. A encerrar o festival da castanha, teve lugar um mega magusto, como manda a tradição.

Homenagem aos Hortelãos do Concelho

Há ainda quem se dedique a esta actividade, contribuindo para a dinamização da economia local.

No passado dia 9 de Outubro, o Município de Celorico da Beira em conjunto com Junta de Freguesia de São Pedro, homenageou os hortelãos do Concelho. A iniciativa decorreu dentro do Mercado de Produtos Locais que se realizou na Praça Sacadura Cabral. Foram homenageadas algumas pessoas que ainda hoje se dedicam a esta actividade, prestando-se assim o devido tributo àqueles que, com o seu trabalho ao longo dos anos contribuíram para a dinamização da economia local.
Recorde-se que o Concelho de Celorico da Beira ao longo do século XX, teve uma importância de âmbito regional numa actividade que no actual momento está em desuso, em decadência e que constava na sementeira de sementes dos mais variedades vegetais (couve, tomate, alface, …) que depois iriam povoar todos os campos desta região, conferindo a todos um cunho Celoricense no que à gastronomia dizia respeito.
Nesta iniciativa, foram homenageados cerca de 25 hortelãos com a entrega de uma pequena lembrança e a actuação do Rancho Folclórico de Seia que a todos encantou com a música popular.

Plataformas Territoriais da Beira Interior Norte e da Serra da Estrela reuniram em Celorico da Beira

Plataforma Supra-Concelhia permite uma melhor organização da intervenção, das respostas e dos equipamentos sociais.

No passado dia 1 de Outubro, as Plataformas Territoriais da Beira Interior Norte e da Serra da Estrela reuniram em Celorico da Beira com o propósito de debater assuntos de especial interesse e relevo Social.
Recorde-se que a Plataforma Supra-concelhia (PSC) da Beira Interior Norte, é uma instância de âmbito territorial equivalente à NUT III, que funciona como um espaço privilegiado de debate e análise dos problemas sociais dos Concelhos que a compõem, de articulação dos instrumentos de planeamento locais respectivos com os planos, medidas, programas e acções nacionais, com vista à promoção de um planeamento concertado supra-concelhio, que permita uma melhor organização da intervenção, das respostas e dos equipamentos sociais, a partir da rentabilização dos recursos do conjunto dos territórios que a integram.
O âmbito territorial da PSC da Beira Interior Norte, equivale à actual NUT III da Beira Interior Norte, abrangendo os seguintes Concelhos: Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Guarda, Manteigas, Mêda, Pinhel, Sabugal, Trancoso.
Por sua vez, a A Plataforma Supra-Concelhia (PSC) da Serra da Estrela, é uma instância de âmbito territorial equivalente à NUT III, que funciona como um espaço privilegiado de debate e análise dos problemas sociais dos Concelhos que a compõem, de articulação dos instrumentos de planeamento locais respectivos com os planos, medidas, programas e acções nacionais, com vista à promoção de um planeamento concertado supra-concelhio, que permita uma melhor organização da intervenção, das respostas e dos equipamentos sociais, a partir da rentabilização dos recursos do conjunto dos territórios que a integram.
O âmbito territorial da PSC da Serra da Estrela, equivale à actual NUT III da Serra da Estrela, abrangendo os seguintes Concelhos: Fornos de Algodres, Gouveia e Seia.
O Vice-Presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira – Dr. José Luís Cabral iniciou os trabalhos, dando as boas vindas a todos os participantes, dizendo que o Concelho de Celorico da Beira está sempre de “portas abertas” para receber iniciativas deste género.
Por sua vez, o Director do Centro Distrital de Segurança Social da Guarda Dr. José Albano Marques disse que é uma honra trabalhar-se em prol da comunidade e do bem-estar social e que é cada vez mais importante se repensar as estratégias e reunir esforços atendendo ao actual quadro do país a fim de se obter resposta para todas as solicitações sociais.Disse também que os agentes sociais acabam por ser o rosto visível de todas as medidas implementadas no distrito, onde os técnicos devem ter uma postura de maior compreensão e sensibilização.
Foi feita a apresentação da estratégia para a integração de pessoas sem-abrigo, pelo Dr. Augusto Carvalho.
Foi apresentado o caso de uma boa prática no âmbito da Rede Social no concelho de Celorico da Beira (CLDS – Incluir para sorrir!)
Foi abordado pelo Padre Ardérius o facto de a Chama da Solidariedade ter percorrido todo o distrito.
A REAPN – (Rede Europeia Anti-Pobreza), apresentou a iniciativa 24 horas pelo combate à pobreza e à exclusão social.
Foi apresentado o IV encontro de Gerações em Celorico da Beira.
Para finalizar, o Senhor Director apresentou vários projectos que em breve serão colocados em prática pelo CDSS da Guarda.

Município de Celorico da Beira comemorou o 5 de Outubro

Efeméride foi assinalada com Inauguração de Rotunda e colocação de Escultura alusiva a esta data.

Como não poderia deixar de ser, o Município de Celorico da Beira quis associar-se às comemorações que tiveram repercussão nacional e que visaram comemorar os 100 anos da implantação da República Portuguesa.
Para o efeito, o Município de Celorico da Beira organizou algumas actividades para que esta data fosse assinalada e que as gerações vindouras se revejam nos 100 anos da República.

A efeméride foi assinalada em Celorico da Beira e contou com o seguinte programa:
10:30h – Hino Nacional, pela banda filarmónica “Os Bazófias” de Vale de Azares, junto aos Paços do Concelho.
10:45h – Cerimónia oficial evocativa da comemoração do centenário da República (Salão Nobre dos paços do Concelho).
– Lançamento da Publicação: “Público e Privado – Presidentes da primeira
República portuguesa”.
12:00h – Inauguração da Rotunda da Républica (FOTO) – Colocação de escultura alusiva a esta data.
– Inauguração da Pintura de graffiti alusiva à comemoração do Centenário da República.
21:00h – Abertura da Exposição “Letras e Cores, Ideias e Autores da República”
– Concerto pela Banda Filarmónica “Os Bazófias”.

Município de Celorico da Beira organizou 1.º encontro de Minis

Encontro reuniu mais de 60 viaturas.

No passado dia 5 de Setembro, o Município de Celorico da Beira em conjunto com outras entidades levou a cabo o primeiro encontro de Carros Mini em Celorico da Beira.
O encontro pautou-se pela grande adesão que se fez notar destas míticas viaturas.
O início foi pelas 09:00h junto ao Jardim parque Carlos Amaral nesta Vila, local de onde partiram cerca de 60 viaturas rumo à bonita Aldeia Histórica de Linhares da Beira, onde o grupo de cerca de 130 pessoas teve a oportunidade de visitar o Castelo desta Localidade, bem como contactar de perto com o simulador de parapente. Deixada a Aldeia Histórica de Linhares da Beira, foi a vez de ser efectuada uma visita aos moinhos da Rapa, uma infra-estrutura única na região e que a todos encantou pela sua beleza e enquadramento paisagístico.
Para finalizar o passeio no Concelho de Celorico da Beira, foi a vez do Centro histórico de Celorico da Beira receber a vasta comitiva, local onde todos puderam constatar de perto a imponência do Castelo de Celorico da Beira, que recorde-se foi alvo de intervenção recentemente e também efectuar uma visita à Igreja de Santa Maria que é Monumento Nacional.
Para finalizar, o Solar do Queijo acolheu os participantes neste primeiro encontro de Minis no Concelho de Celorico da Beira, local onde todos tiveram a oportunidade de degustar os bons sabores de Celorico da Beira, com especial enfoque para o Queijo Serra da Estrela.
É de salientar o enorme sucesso alcançado por este evento e prova disso foi o “feedback” deixado por todos os participantes, os quais perguntaram se para o ano era realizado o 2.º Encontro da Marca no Concelho de Celorico da Beira.

Município de Celorico da Beira Recebe Ensino Universitário

A partir do próximo ano, o Concelho de Celorico da Beira irá receber o Curso de Reabilitação e Inserção Social, o qual funcionará como uma pós graduação, que terá equivalência ao primeiro ano do Mestrado (2 anos).
A Pós-Graduação, da inteira responsabilidade do ISPA (Instituto Superior de Psicologia Aplicada), terá a colaboração do Município de Celorico da Beira e também da Universidade de Estrasburgo.
O estudo, investigação e práticas profissionais dos processos/situações de inserção/exclusão constituem, hoje, não só objecto de análise e discursos políticos e sociais mas também, campo de profundo interesse e motivação de profissionais, estudiosos, investigadores e comunidade em geral.
Com preocupações centradas na qualidade de intervenção, mas também no necessário conhecimento teórico, metodológico e prático, profissionais, estudiosos e investigadores revelam a importância da actualização/aprofundamento de competências de uso de pluralidade de modelos de estudo, mas, igualmente, a necessidade de reconceptualizar práticas profissionais, incluindo aspectos técnicos específicos.
Salientam, ainda, que é necessário clarificar e redesenhar objectivos, meios e estratégias para responder às novas exigências de Reabilitação e Inserção Social Durável.

Seminário sobre Aves em conjunto com o CERVAS

Ao longo dos anos as aves têm sofrido uma grande pressão devido ao desenvolvimento e expansão humana, levando a uma fragmentação dos seus habitats e consequente diminuição e mesmo destruição de locais de nidificação, sendo esta uma das causas para a diminuição das populações de algumas espécies de aves. Uma das formas de apoiar a conservação destas espécies poderá passar pela colocação de caixas-ninho, potenciando assim a sua reprodução. Neste sentido, o Município de Celorico da Beira em conjunto com o CERVAS – Centro de ecologia, Recuperação e Vigilância de animais selvagens organizaram no passado dia 7 de junho um workshop de Construção e colocação de Caixas-ninho para aves com o objectivo de ensinar e encorajar as pessoas a construir e colocar caixas-ninho nos seus jardins de forma a promover a biodiversidade não só das nossas áreas rurais, como também das vilas.

Inauguração de Obras de Requalificação na Freguesia de Casas do Soeiro

Secretário de Estado da Administração Local José Junqueiro, inaugura obras de requalificação na Freguesia de Casas do Soeiro – Celorico da Beira.
No Dia 20 de Junho (ontem), o Secretário de Estado da Administração Local – José Junqueiro deslocou-se à Freguesia de Casas do Soeiro no Concelho de Celorico da Beira, a fim de inaugurar as obras de requalificação da Praça da República.
Na efeméride marcaram presença muitas dezenas de pessoas que quiseram apreciar o novo espaço que foi conseguido tendo eliminado um local obsoleto e sem uso, dando lugar a um espaço moderno, de aspecto agradável e bastante funcional.
Nas palavras proferidas, o Presidente da Junta de Freguesia das Casas do Soeiro, Júlio Cruz, agradeceu todo o apoio prestado pela Autarquia de Celorico da Beira, afiançando que sem esse apoio a obra que foi inaugurada jamais se poderia ter tornado realidade.
Por sua vez, o Edil Celoricense – Eng. José Monteiro, referiu que a reconversão desse espaço (Praça da Republica) aconteceu da aposta clara que o Município tem feito para que se reconvertam espaços sem qualquer tipo de utilidade em locais aprazíveis e de utilização comunitária.
José Junqueiro agradeceu o convite para a inauguração deste espaço, realçando a importância que este tipo de infra-estruturas representam para as populações. Referiu que a Autarquia de Celorico da Beira está na Vanguarda no que à conservação e rentabilização de espaços públicos diz respeito.
Ao Grupo de Danças e Cantares da Lageosa do Mondego coube a tarefa de animar a sessão, entoando cantigas e dançando ao som das mesmas.
Para além do Secretário de Estado da Administração Local, do Executivo Municipal e do Executivo de Freguesia, na cerimónia marcaram presença ainda o Governador Civil do Distrito da Guarda – Santinho Pacheco e o Director do Centro Distrital de Segurança Social da Guarda – José Albano.

Caminhada e Almoço/Convívio Idosos – Praia Fluvial Ratoeira

A Rede Social de Celorico da Beira, organizou no dia 17 de Junho de 2010, uma Caminhada e Almoço Convívio para os idosos das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do Concelho.
O Programa teve início às 9h 30m, no Centro de Dia da Ratoeira com a Recepção dos Idosos das IPSS participantes, seguiu-se a Caminhada rumo ao Rio da Ratoeira com um trajecto de cerca de 2Km , o qual os idosos fizeram com prazer.
Seguiu-se o Almoço/Convívio.
Tratou-se de um dia de animação e convívio interinstitucional, tendo estado presentes as IPSS de Lageosa do Mondego, Rapa , Fornotelheiro, Ratoeira e Santa Casa da Misericórdia de Celorico da Beira.

Workshop sobre Bonsai

O Município de Celorico da Beira, em parceria com Kensho Bonsai Studio, organizou no passado dia 3 de Julho um workshop de bonsai subordinado às técnicas básicas da arte do Bonsai.

A arte do Bonsai nasceu na china há mais de 2000 anos atrás, mas foram os japoneses que aperfeiçoaram esta arte, que significa literalmente, “árvore num vaso”. O objectivo é criar e manter num vaso, com recurso a métodos e técnicas muito específicas, uma árvore miniatura.
A arte do bonsai é uma arte nobre, onde cada bonsai passa a ser uma planta única, moldada com arame semi-rígido, que exige muita paciência e criatividade por parte dos praticantes. Neste sentido, o Município de Celorico da Beira, em parceria com Kensho Bonsai Studio, organizou no passado dia 3 de Julho um workshop de bonsai subordinado às técnicas básicas da arte do Bonsai.
Esta actividade teve o objectivo de ajudar as pessoas com o seu Bonsai e estimular a prática desta arte.

12 Horas de Futebol Feminino em Celorico da Beira

O 1º Torneio de Futebol Feminino 12H de Futsal realizado no passado dia 11 de  Julho pautou-se pelo sucesso.
No torneio participaram 60 jogadoras as quais não quiseram deixar em mãos alheias os seus dotes futebolísticos.
Ao nível da Classificação, em primeiro lugar classificou-se a equipa oriunda da Cidade do Fundão na qual jogava aquela que viria a ser considerada a melhor jogadora do torneio – Raquel.
Em segundo lugar Classificou-se a equipa da Cidade da Guarda que contava com a jogadora que veio a ser considerada a melhor guarda-redes do torneio – Carolina.
Em terceiro lugar ficou a equipa local onde se destacou a jogadora Vanessa Filipa melhor marcadora do Torneio.
O torneio desenrolou-se sem qualquer problema, num ambiente fantástico em dia de final do Campeonato do Mundo, devido a uma organização empenhada e a um leque de jogadoras com um sentido competitivo e de enorme responsabilidade.

II Baile de Gala – Danças de Salão

Nesta 2ª edição, foi notória a maior afluência dos praticantes de danças de salão, bem como dos seus familiares e amigos, provenientes da Guarda, do Fundão e de Sta. Maria da Feira.
Este evento proporcionou a todos os presentes, verdadeiros momentos de alegria, de festa, de convívio, de intercâmbio de natureza técnica e principalmente social.
O workshop de merengue foi um convite à participação de todos, traduzindo-se em franca diversão, pautada por um ritmo bem latino e mui caliente.
Por volta das 00h30 fez-se silêncio para se ver dançar!
Ao som de ritmos clássicos, Sandra Magalhães e Sérgio Mendes, encantaram o público com a sua natural elegância e coerência técnica em cada movimento, típica de dois grandes profissionais de projecção internacional.
Celorico da Beira, foi uma vez mais palco de um grande espectáculo social e cultural.

Município de Celorico da Beira organizou “Castelo on the Rock`s

No dia 17 de Julho, o Município de Celorico da Beira organizou mais um evento inovador como aliás, já vem sendo apanágio deste Executivo Municipal.
Denominado “Castelo on the Rock`s”, este evento teve como objectivo principal a dinamização e promoção do Castelo de Celorico da Beira, de forma a revitalizar e projectar aquele que é o “Ex – Libris” patrimonial desta Vila, de uma forma lúdica mas consciente tendo em conta o enorme valor histórico que representa esta infra-estrutura única.
Algumas dezenas de pessoas marcaram presença neste evento que contou com o seguinte programa:
 
17 DE Julho
21H00 – Curta metragem – O Nascimento do Rock Português (Auditório da Torre de Menagem do Castelo de Celorico da Beira)
22H30 – White tees – Celorico da Beira
23H00 – Bulldozer – Viseu
00H00 – Shivers – Lisboa
1H30 – Dj`s Rock Line – Lisboa
Durante o evento, decorreram inúmeras actividades de animação tais como: “Cuspidores de Fogo” e Artistas Circenses.

Câmara Municipal de Celorico da Beira aderiu ao projecto Green Cork

A Câmara Municipal de Celorico da Beira aderiu ao projecto Green Cork e está a promover durante este ano, uma campanha de sensibilização de reciclagem de rolhas de cortiça.
Inserida no âmbito do Ano Internacional da biodiversidade, esta acção visa recuperar a flora autóctone de Portugal, através do financiamento do projecto “Criar Bosques, Conservar a Biodiversidade” recolhendo no concelho as rolhas de cortiça que serão entregues pela Câmara nos postos de recolha, definidos pela Quercus (Modelo, Continente ou Dolce Vita) a fim de serem transportadas para as empresas de reciclagem, sem aumento de emissões de CO2 e sem custos. As rolhas de cortiça não serão transformadas em novas rolhas mas serão reutilizadas na indústria automóvel, na construção civil e na industria aeroespacial. As receitas provenientes da reciclagem serão aplicadas na compra de árvores – espécies autóctones- com vista à reflorestação do país.
Os celoricenses podem participar nesta campanha de sensibilização com vista à reciclagem das rolhas de cortiça depositando-as nos recipientes de vidro (Rolhinhas) colocados nos restaurantes e cafés aderentes no concelho, devidamente identificados com um autocolante ou, dentro de dias, no Ecomarché e Mini Preço.
Este projecto mereceu o aplauso e a adesão imediata desta autarquia por se inserir na linha estratégica das suas políticas ambientais, não só pela reciclagem das rolhas – a cortiça é uma matéria-prima de grande peso na economia nacional- mas também por contribuir para a redução dos resíduos com destino a aterros e para conservação da natureza e, em especial, da defesa do montado.
Neste contexto, a autarquia recomenda:
Não deite as rolhas de cortiça no lixo.
Contribua para a sua reutilização e reflorestação do país, depositando-as nos rolhinhas!

Celorico da Beira comemora Dia Internacional dos Museus

No passado dia 21 de Maio, o Município de Celorico da Beira comemorou o Dia Internacional dos Museus.
Para o efeito, o Museu do Queijo e do Agricultor em Celorico da Beira levou a cabo uma iniciativa denominada de “Uma Noite no Museu”, que contou com música ao vivo, dando a conhecer uma outra faceta deste museu que há largos anos se encontra aberto e está vocacionado para dar a conhecer os usos e costumes deste Concelho.
Marcaram presença algumas dezenas de pessoas, as quais viram com “bons olhos” esta iniciativa.

Lavagem e Desinfecção de Contentores de Lixo no Concelho

No âmbito do protocolo com a autarquia celoricense, a Associação de Municípios da Cova da Beira procedeu no início do mês de Maio, a mais uma operação de lavagem e desinfecção dos contentores de lixo no concelho, bem como, à lavagem das rotundas da vila.
A limpeza e desinfecção dos contentores do lixo é fundamental, não só para a promoção da saúde pública, como também, para impulsionar o turismo, elemento potenciador do desenvolvimento económico do concelho.